O Governo de Santa Catarina divulgou nesta quinta-feira (8) uma nota oficial em que anuncia a criação de um Grupo de Controle e Operações para planejar e executar ações visando a manutenção dos serviços essenciais face à existência de bloqueios em rodovias.

Uma reunião foi realizada na manhã desta quinta, com as presenças do secretário da Casa Civil, Eron Giordani; o procurador-geral do Estado, Alissom de Bom de Souza; o secretário de Saúde, André Motta Ribeiro, o de Desenvolvimento Econômico, Luciano Bulligon; o comandante da Polícia Militar de SC; Dionei Tonet; e o comandante do Corpo de Bombeiros, Charles Alexandre Vieira, onde ficou definida a criação do grupo e as primeiras ações a serem tomadas.

 

 

A prioridade é manter os serviços de saúde pública, já negativamente afetados pelas manifestações. Um decreto será publicado ainda nesta quinta-feira para que os veículos da saúde tenham prioridade no acesso aos combustíveis e insumos necessários ao funcionamento das atividades, em especial para o enfrentamento à pandemia e a continuidade da campanha de imunização.

O Governo do Estado respeita o direito à livre manifestação do pensamento, mas alerta quanto aos riscos e prejuízos a toda a população quando exercido por meio de ações extremas e as custas de outros direitos fundamentais dos cidadãos, como a saúde, a segurança e a livre locomoção de pessoas e bens.

 

Confira a nota