A informação, repassada pela assessoria de imprensa da Agência Regional, do cancelamento da agenda do governador em exercício Eduardo Pinho Moreira (PMDB), em Jaraguá do Sul, nesta terça-feira (13), pegou a todos de surpresa.
Prefeitos da região e a nova diretoria da Associação Empresarial não esconderam a frustração com o que encararam como certo descaso. Seria a primeira visita de Pinho Moreira ao município desde que assumiu o cargo com a licença de Raimundo Colombo.
A agenda estava sendo intermediada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Carlos Chiodini (PMDB). As lideranças da Amvali já haviam preparado uma pauta de reivindicações ao novo governo, principalmente em relação às obras urgentes nas rodovias, como a SC-108, a via dos buracos.

Verba para continuação do elevado na BR-280 era aguardada

A garantia de verba para continuação do elevado na BR-280 no acesso a Massaranduba também era aguardada. Na posse da Acijs, o maior objetivo era ouvir de Moreira quais são os planos para os próximos meses, levando em consideração que os desafios da máquina pública são enormes e também que a legislação eleitoral inviabiliza uma série de medidas.
Segundo o coordenador de Comunicação do governo do Estado, Chico Alves, a agenda do governador foi suspensa em Jaraguá do Sul porque reuniões administrativas foram convocadas de emergência.