O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso (PSDB), se reuniu com o governador Raimundo Colombo (PSD) e com o vice Eduardo Pinho Moreira (PMDB) na noite de quarta-feira (20) e anunciou oficialmente sua saída da Secretaria de Saúde do Estado no dia 31 deste mês. Caropreso já vinha dizendo que ficaria até o fim deste ano e depois retornaria à Assembleia Legislativa em 2018. O jaraguaense completaria um ano na pasta e sai insatisfeito com a falta de recursos para investimentos e manutenção do setor e com as promessas não cumpridas. Hoje, o orçamento da Saúde passa pela Secretaria da Fazenda. Uma das primeiras medidas de Caropreso, cujo nome foi anunciado no dia 29 de dezembro do ano passado, foi fazer uma auditoria nas contas da Saúde. As dívidas de R$ 700 milhões foram reveladas à imprensa logo depois, o que gerou desconforto no governo. Apesar das dificuldades, Caropreso, que recentemente esteve internado com suspeita de trombose, diz que sai feliz e que conseguiu avanços importantes no setor.