Na manhã desta quinta-feira (10), a Câmara de Vereadores de Blumenau aprovou o projeto de lei, de autoria da Prefeitura, que autoriza o repasse de um subsídio de R$ 5 milhões para a BluMob, concessionária responsável pelo transporte coletivo na cidade.

A liberação dos recursos atende a uma determinação judicial, e tem como objetivo minimizar os prejuízos causados pela pandemia do coronavírus na operação do serviço, que nos últimos cinco meses funcionou menos de 40 dias.

Com uma queda de arrecadação estimada em R$ 175 milhões neste ano, a Prefeitura precisará fazer cortes orçamentários para transferir o valor acordado, reduzindo investimentos previstos em obras como a revitalização da margem esquerda do rio Itajaí-Açu e implantação de ciclovias, calçadas e corredor de ônibus.

Os R$ 5 milhões deverão ser repassados em duas parcelas. Há um consenso para que o montante seja utilizado no pagamento de salários atrasados e vale-alimentação dos trabalhadores do transporte coletivo.

Como contrapartida pelo acerto, a BluMob se comprometeu em estudar a ampliação de horários do serviço, que vem funcionando apenas de segunda a sexta-feira, exceto feriados, em três períodos.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul