A Prefeitura de Blumenau reservou R$ 12 milhões no orçamento previsto para 2021 para uma possível compra de vacinas contra o coronavírus. A medida foi anunciada pelo prefeito Mário Hildebrandt (Podemos), durante uma live de atualização dos números referentes à doença na cidade.

De acordo com ele, o valor já está provisionado, mas ainda não há definição sobre qual vacina será utilizada em Santa Catarina e, consequentemente, em Blumenau.

Nesta segunda-feira (14), o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, realizou reuniões com representantes do laboratório chinês Sinovac, que produz a vacina Coronavac, em parceria com o Instituto Butantã de São Paulo, e do Instituto Nacional para Doenças Infecciosas Lazzaro Spallanzani, de Roma (Itália).

Na semana passada, a Federação Catarinense de Municípios (Fecam) assinou um protocolo de intenções com o Instituto Butantan para a compra da vacina Coronavac.

Ainda não é possível estimar um cronograma de vacinação contra a Covid-19 no Brasil, uma vez que nenhum dos imunizantes desenvolvidos para combater o vírus obteve o registro e autorização de uso junto ao órgão federal.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: