Silfix, cinco anos de atividades e novos projetos em andamento

Por: Elissandro Sutil

16/09/2022 - 05:09 - Atualizada em: 23/05/2024 - 11:42

 

A empresa Silfix, especializada na fabricação e distribuição de elementos de fixação (parafusos, porcas, arruelas, etc.) normatizados e especiais, com garantia, certificado de qualidade e excelente prazo de entrega, está completando 5 anos de atividades.
A história da Silfix está ligada à vida profissional de Silvio Roberto Ewald, seu fundador. Ele trabalhou no ramo por muitos anos, tendo sido gerente em um dos setores da filial da Ciser Parafusos em São Paulo, onde adquiriu um grande conhecimento do mercado nacional. Posteriormente trabalhou como representante comercial na área e ali já tinha a percepção dessa necessidade de atender a esse mercado de produtos especiais.

O fundador Silvio, cita que além da gratidão a Deus pelo bom rumo da empresa, é grato também ao seu pai, Silvio Ewald, empresário de longa data e que incutiu no filho os ensinamentos necessários para o ramo de fixadores, e oportunizando as condições para Silvio chegar onde está. por 18 anos, pai e filho trabalharam juntos. Ao longo desse período, a percepção sobre as necessidades do mercado se fortaleceu. “Aquilo ficou na minha cabeça, eu sempre tive o interesse por ver a coisa sendo fabricada, desse processo da engenharia”, conta Silvio.

Silvio Roberto Ewald

No início teve suas dificuldades. A empresa começou com meia dúzia de clientes e uma perspectiva de crescimento, mas não tinha, naquele momento, a estrutura para atender a essa demanda crescente. “Nos primeiros quatro anos, fizemos muitos investimentos para atender nossos clientes, que não são de quantidade, mas são exigentes”, explica Silvio.
O chefe de Produção, Jean Carlo dos Santos, foi um dos aliados de Silvio nesse empreendimento. Ele está na empresa desde o primeiro dia e seu conhecimento foi fundamental para o crescimento da Silfix. “Ele é nosso professor Pardal (personagem da Disney, inventor)”.

 

Jean Carlos, chefe de Produção, e Silvio

 

Jean Carlo dos Santos, chefe de Produção, e Silvio Roberto EwaldOs resultados apareceram. Com o aumento dos pedidos, a empresa saiu de uma edificação de 260 metros quadrados, que já não comportava mais a produção, para outra de 1.000 metros quadrados, na Barra do Rio Cerro. Nesse novo endereço há espaço para ampliação de maquinário, pessoal e outras necessidades.
E os projetos de expansão já começaram. Duas novas máquinas devem chegar ainda este ano e novas aquisições estão previstas para 2023. A empresa iniciou também a importação de matéria-prima e planeja a entrada em novos segmentos.

O mercado
As empresas de fixadores se concentram, em sua maioria em São Paulo. Essa característica do mercado pesou para que Silvio iniciasse a Silfix. Atualmente, seu mercado abrange Mato Grosso, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.
Os clientes atendidos incluem indústrias, portos, estaleiros, usinas hidrelétricas, entre outros que necessitam de fixadores com medidas especiais. A Weg, com sede em Jaraguá do Sul, é uma das empresas clientes. A Silfix desenvolve fixadores especiais para todas as filiais da Weg no Brasil.

Colaboradores
Proporcionando o aprimoramento de seu grupo de colaboradores, a Silfix incentiva a formação técnica qualificada, formando uma equipe apta e treinada para melhor atender as necessidades. No decorrer destes cinco anos, a Silfix vem desenvolvendo as perspectivas de melhoria contínua, concentrando-se na qualidade máxima de seus produtos e estabelecendo os mais rígidos parâmetros nos processos de fabricação, aliando mão de obra hábil e capacitada, com máquinas de alta performance e rendimento.

Notícias no celular

Whatsapp