A saúde tem como definição “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não meramente a ausência de doença” (Organização Mundial da Saúde - OMS). Portanto, não surpreende, que a boa saúde esteja no topo da lista de aspirações das pessoas em qualquer lugar do mundo e seja reconhecida como um direito humano.

Para contribuir com esse contexto, existe uma necessidade constante de gerar novas informações e desenvolver maneiras mais efetivas de proteger e promover a saúde, reduzindo as doenças e aumentando a qualidade de vida. As pesquisas de saúde, são ferramentas fundamentais para a geração desses indicadores e desenvolvimento de soluções para os problemas de saúde da população.

Em setembro de 2019, o Programa Jaraguá Mais Saudável iniciou no Bairro da Ilha da Figueira a aplicação do Questionário Estilo de Vida e Saúde, finalizado em fevereiro de 2020. Para a coleta de dados, foi selecionada uma amostra de 383 participantes residentes no bairro, caracterizando erro amostral de 5%. Os resultados da Pesquisa possibilitaram, fortalecer e direcionar as estratégias e ações do Programa no Município e gerar novas informações acerca do perfil de saúde da população jaraguaense.

Muitas pessoas e segmentos foram envolvidos para que a pesquisa se concretizasse, iniciando pelo apoio e direcionamento da Secretaria Municipal de Saúde para a escolha do bairro, gerenciada pelo Sr. Luís Fernando Medeiros e equipe, bem como, a atuação de profissionais especializados em pesquisa e saúde pública, como as doutorandas Vanessa Hopner e Rosana Mara da Silva que juntamente com o Dr. Rodrigo Bornhausen Demarch, atuaram na elaboração do questionário, análises estatísticas e dos resultados da Pesquisa. A aplicação, contou com o apoio dos acadêmicos, gentilmente cedidos pela Unisociesc.

Através da análise dos dados obtidos na pesquisa, foi possível verificar a partir do cálculo de índice de massa corporal - IMC da amostra, que 44% da população do bairro sofre com a obesidade e 76% está acima do peso. Considerando o gênero, os homens apresentam índices de sobrepeso superior ao das mulheres em 12%, por sua vez, as mulheres apresentam índices mais elevados de obesidade do que homens.

Considerando os três pilares do Programa Jaraguá Mais Saudável, os principais resultados foram:

COMER

  • 66,1% consome diariamente alimentos ricos em calorias ou doces (bolos, biscoitos,
    Chocolates, sobremesas e refrigerantes).
  • 54,5% não ingere nenhuma porção de integrais cereais por dia
  • Mais de 50% possuem baixa ou nenhuma ingestão diária de frutas e verduras.
  • 46,2% se alimentam no mínimo duas vezes por semana ou mais, por outras razões que não sejam fome (ex: estresse, tristeza ou recompensa).
  • 44,9% acreditam não se alimentar de forma saudável.

MOVER

  • Quanto a Prática de Atividade Física.
  • 52% não realiza de forma vigorosa.
  • 35,4% não realiza de forma moderada.

PERTENCER

  • 61,9% dos respondentes, não participa dos movimentos comunitários. (Associações de Moradores ou reunião de pais).
  • 56,6% não participa de atividades esportivas ou artísticas em grupo.
  • 44,8%, não lê nenhum livro durante o ano.
  • 22,6% nunca ou quase nunca aprendem algo novo ou fazem algo interessante.

Entre os problemas de saúde apontados, em 1º lugar está a ansiedade acometendo 27,4% dos entrevistados, seguida pelas Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) como a Hipertensão Arterial Sistêmica 20,3%, Colesterol Alto 18,9% e 7,9% Diabetes. A depressão acomete 15% dos entrevistados, bem como, para 20,7% lidar com o estresse é um problema frequente. Mas a percepção com relação a saúde no geral é apontada como boa, por 47,6% dos entrevistados.

Alguns hábitos saudáveis também se destacam entre os respondentes. 87,7% apreciam o contato com a natureza e costumam ter momentos de lazer ao ar livre. 52,6% vão ao médico anualmente e realizam seus exames de rotina. 77,5% não fazem o uso de medicamentos reguladores de humor ou para relaxar. 75,3% nunca fumaram. 75,7% tomam café da manhã todos os dias e 43,2% dormem bem todas as noites. Entre as mudanças pretendidas estão, aumentar a frequência de atividade física por 69,9% dos respondentes. Perder peso é de interesse de 58,5%. 74,2% gostaria de aprender a lidar melhor com o estresse e 80,6% quer aumentar o consumo de frutas, verduras e legumes.

Diante de todos os indicadores levantados, o Programa Jaraguá Mais Saudável pretende colocar em prática a segunda etapa de mobilização no Bairro, que será promover uma grande ação chamada “Agita Mais Figueira”, e para isso, conta com o envolvimento de todos os segmentos do bairro como as indústrias, escolas, postos de Saúde, CRAS, igrejas, associações e comércios em geral, para mobilizar a população a participar.

O Agita Mais Figueira irá lançar 11 desafios para a população, distribuídos entre os pilares do Programa e compostos a partir dos indicadores apontados pela pesquisa que precisam ser estimulados na comunidade. Para participar, é só acessar o link disponível no perfil do programa no instagram (@jaraguamaissaudavel) ou acessar diretamente via QR-Code. Nesse link será possível fazer a inscrição e entrar no grupo de WhatsApp para receber as informações sobre os desafios e seus conteúdos, elaborados por especialistas, de uma maneira simples e fácil, podendo ser adotados por todos. A escolha de quais e quantos desafios participar, fica a critério do participante.

A ação irá acontecer entre os meses de agosto a novembro deste ano, mas o prazo de realização dos desafios será de 15 dias. Portanto fique atento morador da Ilha da Figueira e participe! O objetivo do Agita Mais Figueira, é gerar um grande movimento para a comunidade do bairro em prol da saúde e da qualidade de vida. Essa ação futuramente, poderá ser expandida para outros bairros do município estimulando a mudança de comportamento e a implementação de hábitos mais saudáveis, que entendemos, precisa ser frequente, já que cuidar da saúde é uma responsabilidade permanente.

Para maiores informações, entre em contato pelo Fone/WhatsApp (47) 3372-9425 ou acesse @JaraguaMaisSaudavel e compartilhe suas experiências em participar, marcando #AgitaMaisFigueira.