Morar bem: quartos infantis e a adaptação na pandemia
Morar bem: quartos infantis e a adaptação na pandemia

Com a pandemia do Covid-19, diante do isolamento social surgiu a necessidade de ficar cada vez mais tempo em casa. Desta forma, muitas pessoas estão se adaptando para criar ou reformular os espaços de seus lares e da nova rotina e buscando maneiras de criar ambientes aconchegantes e com praticidade.

Com a suspensão das aulas por prazo indeterminado, diversos pais têm encontrado dificuldades com a bagunça e a desorganização dos quartos infantis, assim como a necessidade de adaptar espaços para o entretenimento.

Nosso intuito é apresentar aqui como criar espaços versáteis e dicas de organização para quartos de crianças, com opções de layout e objetos que deixem os ambientes mais atrativos.

Liberdade e áreas livres

As crianças precisam de espaço para se locomover e divertir. Por isso, evite encher os cômodos da casa de móveis, deixe a circulação menos estreita, com ambientes mais amplos. Espelhos e vidros devem ser mantidos a uma altura em que os pequenos não alcancem.

Invista em protetores de sofá e lembre-se de manter móveis como armários e estantes presos à parede.

Quartos infantis

Para montar uma nova decoração ou adaptar um quarto infantil, a combinação de cores, escolha de mobiliário e boa iluminação são pontos essenciais.

As cores mais utilizadas são branco, azul ou rosa, porém há uma forte tendência nos tons de verde, cinza claro, lavanda e bege discreto. O papel de parede também pode complementar, seja com estampas divertidas ou padrões variados como figuras abstratas, desenhos de animais ou personagens, listras, arabescos e formas geométricas.

Os móveis devem ser ergonômicos e funcionais. Além do móvel para guardar e organizar as roupas, mantenha uma cômoda ou um gaveteiro para guardar materiais diversos e acessórios.

Os nichos e prateleiras são itens decorativos que servem de suporte para outros elementos da decoração.

As luminárias também unem funcionalidade e poder decorativo, são ótimos complementos. Existem diferentes modelos, tipos e formas de luminária, basta escolher a que mais combina com a personalidade da criança e do cômodo. Uma alternativa para criar um detalhe luminoso nos quartos é utilizar os pisca-piscas na decoração, na cabeceira da cama, presos à parede ou itens suspensos.

Cantinho do estudo

Devido a necessidade do ensino a distância, escolher os móveis adequados ao espaço disponível para os estudos é primordial. O ideal é usar bancadas ou escrivaninha para criar um ambiente aconchegante.

Atentar para a mesa e a cadeira, pois ambos são essenciais para a boa postura e o objetivo é desenvolver um cantinho funcional. O lugar de estudo precisa ser bem iluminado, por isso se a bancada não estiver localizada próxima à janela é recomendável uma luminária em cima da mesa além da iluminação do quarto.

Quarto de brincar

Na medida que o seu espaço permitir, crie um cantinho especial para deixar seu filho tranquilo e brincar num único local, assim poderá evitar que as coisas fiquem espalhadas por toda a casa. Ele deve ser equipado com poucos brinquedos, livros, travesseiros e mantas.

É importante que as crianças possam ter liberdade na hora de brincar, por isso, procure manter os brinquedos sempre ao alcance de suas mãos.

Espaço livre externo

Para as residências, um ponto favorável é a criação de um espaço livre ou playground infantil, para oferecer divertimento para a criançada sem sair de casa. Você pode organizar o playground de acordo com a idade da criança e também com suas preferências de brincadeiras.

 

Onde encontrar

A Eixo 11 fica na rua Pres. Juscelino, 45, Ed. Ana Isabel, sala 02, Centro de Jaraguá do Sul • (47) 3370-0070 • 9 9942-6030.Acompanhe as novidades pelo Facebook e Instagram.