Atualmente uma das formas mais utilizadas para apresentação de Projetos Arquitetônicos é a Maquete Eletrônica ou Maquete 3D. A apresentação dos projetos 3D, modelados em uma maquete eletrônica, permite uma visualização com alto nível de realidade e em vários ângulos, onde a edificação será modelada nos menores detalhes, servindo de estudo para a volumetria da edificação bem como elaboração de diferentes propostas para a fachada e telhado.

Isso traz maior qualidade na demonstração do Projeto e facilita o entendimento e a interação com os detalhes dos ambientes internos e externos.

Mas o que é a Maquete Eletrônica?

É um Projeto em 3D feitos para evidenciar ambientes reais através de softwares que auxiliam na modelagem dos projetos. Eles usam imagens tridimensionais extremamente realistas de qualquer objeto, incluindo acabamentos, móveis, materiais e iluminação.

A intenção de uma maquete eletrônica é justamente simular os ambientes que seriam inviáveis de se reproduzir sem um grande investimento financeiro, ou seja, ao invés de se montar um ambiente real para tirar fotos e apresentar o resultado, o projeto é feito em uma maquete eletrônica.

A importância da utilização de maquetes eletrônicas e perspectivas em 3D é uma forma de planejar, junto ao morador, todas as possibilidades viáveis dentro de suas necessidades no projeto antes de iniciar a execução, pois poderá avaliar a realização da obra antes dela sair do papel e torná-la o mais próxima possível da realidade.

As imagens em 3D facilitam a discussão dos detalhes de acabamentos finais com o cliente, que muitas vezes não consegue a visualização apresentada em desenhos técnicos. É muito mais proveitoso investir tempo na fase de projeto, onde poderá fazer os ajustes necessários no projeto, ao invés de gastar em uma reforma posteriormente.

Vale destacar que mesmo que a arquitetura apresente de forma mais didática possível os projetos e até mesmo exemplifique seus portfólios de fotos e elementos similares aos que serão utilizados, o cliente não consegue visualizar em sua mente o empreendimento.

Ou seja, até então, quando um projeto ficava pronto, o arquiteto se esforçava para explicar a seu cliente como ficaria a casa após o término da obra. O morador somente imaginava o resultado final. Agora, através da tecnologia virtual e com recursos de manipulação de cor, volume, textura, luz, vista, espaços, entre outros, obtém-se uma visão global do projeto arquitetônico, seja ele externo ou de interiores.

Veja as vantagens de utilizar a Maquete Eletrônica

  • Facilidade de compreensão do projeto;
  • Tecnologia, modernidade e profissionalismo aliados ao projeto;
  • Possibilidade de testes de cores e acabamentos;
  • Facilidade na visualização de ângulos e iluminação mais favoráveis;
  • Impressão em alta definição.

A Eixo 11 Arquitetura, oferece aos seus clientes, todos os projetos com apresentações detalhadas em 3D, através da Maquete Eletrônica, após aprovação do Desenho Técnico. Assim conseguirmos usar a tecnologia para reproduzir fielmente os desejos do cliente, trazendo mais qualidade à obra a ser executada.

Artigo escrito pelas arquitetas e urbanistas Jeanita Bonato (CAU/SC A135996-7) e Mariana Silva (CAU/SC A150451-7).

-

Onde encontrar a Eixo 11: rua Pres. Juscelino, 45, Ed. Ana Isabel, sala 02, Centro de Jaraguá do Sul • (47) 3370-0070 • 9 9942-6030 | FacebookInstagram

Artigo escrito pelas arquitetas e urbanistas Jeanita Bonato (CAU/SC A135996-7) e Mariana Silva (CAU/SC A150451-7).

-

Onde encontrar a Eixo 11: rua Pres. Juscelino, 45, Ed. Ana Isabel, sala 02, Centro de Jaraguá do Sul • (47) 3370-0070 • 9 9942-6030 | FacebookInstagram