O cirurgião ortopédico Dr. Bruno Gobbato, do COE Jaraguá, ganhou destaque internacional nessa semana devido a uma cirurgia realizada por ele em dezembro, a qual integra o Projeto HoloLens, que permite a colaboração entre cirurgiões de todo o mundo.

A cirurgia foi feita pelo Dr. Bruno Gobbato em Jaraguá do Sul, na qual ele utilizou óculos de realidade mista HoloLens 2 e contou com o auxílio remoto do professor Thomas Gregory, de Paris, e o Dr. John Erickson, de Nova Jersey.

Gobbato precisou reposicionar a clavícula do paciente que teve uma cicatrização não adequada. O procedimento foi feito por meio de uma artroscopia do ombro com a inserção de uma pequena câmera na articulação, a qual auxiliou no diagnóstico do que estava causando a dor no ombro do homem.

Foto: Divulgação/COE

De acordo com Gobbato, com o auxílio do equipamento, os cirurgiões Gregory e Erickson o ajudaram com a cirurgia remotamente, trazendo a perspectiva francesa, americana e latino-americana em um procedimento.

Ele explica que os cirurgiões foram vinculados ao fone de ouvido dele por meio do aplicativo Assistência Remota do Microsoft Dynamics 365 e compartilharam o campo de visão pelo computador. Dessa forma, eles podiam ver o paciente e imagens que foram geradas por Gobbato através de uma tomografia computadoriza que mostrava a clavícula danificada e, em simultâneo, a saudável.

Assim, os três cirurgiões discutiram como realizar o procedimento, conferindo as etapas e compartilhando as respectivas opiniões.

O procedimento foi parte de um projeto que tem como objetivo mostrar como o HoloLens 2 pode beneficiar cirurgiões e permitir a colaboração entre médicos em todo o mundo, além de ser uma forma de transmitir os benefícios do que os médicos veem como “o smartphone dos cirurgiões”, permitindo assim, mais agilidade, eficiência e melhor desempenho nos procedimentos.

O cirurgião ortopédico Bruno Gobbato afirma que tem usado o HoloLens há vários anos em cirurgias mais complexas, e acredita que ao longo dos próximos anos a realidade mista será usada de inúmeras formas nas salas de cirurgia. "Estou muito animado para ver o que seremos capazes de fazer com ele nos próximos anos", enaltece.

Challenge Health Collaboration

Devido a repercussão da experiência de Gobbato, ele foi convidado para participar do Challenge Health Collaboration, evento da Microsoft, em que na terça-feira (9) realizou uma cirurgia que foi transmitida ao vivo para 13 países. Além disso, a matéria publicada sobre o procedimento realizado em dezembro foi comentada pelo CEO da Microsoft, Satya Nadella:

"Em um momento em que expandir o acesso à saúde nunca foi tão importante, é fantástico ver como os cirurgiões em todo o mundo estão usando a realidade mista para transcender o espaço, a fim de colaborar com os colegas e melhorar o atendimento ao paciente."

Sobre o HoloLens

De acordo com a Microsoft, o HoloLens é operado com gestos manuais e comandos de voz, permitindo que os cirurgiões visualizem imagens holográficas tridimensionais da anatomia de um paciente criadas a partir de raio-x ou outros exames. Ele permite que os cirurgiões movam as imagens virtuais podendo vê-las de diferentes ângulos.

O equipamento também permite acessar os dados do paciente durante a cirurgia, seja vídeos ou documentos, que possam auxiliar na resolutividade de problemas e entrar em contato com outros especialistas para aconselhamento.

Sobre o especialista

O Dr. Bruno Gobbato (CRM/SC 15190) é ortopedista e traumatologista, especializado em ombro e cotovelo. Ele atende no Centro de Ortopedia Especializada (COE) em Jaraguá do Sul.