Dalila Ateliê Têxtil tem mais de 600 colaboradores que a tornam uma referência de empresa para se trabalhar

Colaboradores têm oportunidades de crescimento e de desenvolvimento em diferentes áreas. Foto: Divulgação

Por: Maria Luiza Venturelli

12/12/2022 - 07:12

Ser uma empresa bonita por dentro e por fora, pois o futuro tem a beleza que as pessoas dão a ele. Foi assim que a Dalila Ateliê Têxtil comemorou seus 30 anos de mercado, sendo uma malharia circular que tem o propósito de embelezar a moda casual com ousadia e consciência, trazendo expertise no desenvolvimento de soluções têxteis para o mercado da moda.

A empresa foi fundada pelo Sr. José da Silva e pela dona Everli e iniciou com uma confecção de moda infantil que com o passar dos anos, dedicação dos proprietários e funcionários e evolução da área, cresceu e se reinventou, mantendo os valores e costumes sempre atualizados.

Atualmente, a malharia está presente na coleção da maioria das principais marcas do Brasil e exporta para mais de 10 países da América Latina, com expansão para a Europa. Com diversas pesquisas, oferecem produtos diferenciados e projetos feitos a quatro mãos com os clientes, criando malhas totalmente exclusivas.

Homenagem para a equipe da CIPA. Foto: Divulgação

Além de um constante desenvolvimento técnico e humano, a empresa dispõe de uma fábrica moderna com equipes divididas nas unidades localizadas em Jaraguá do Sul e em Presidente Getúlio, ambas em Santa Catarina. Jaraguá do Sul também conta com uma loja de pronta-entrega, anexa à fábrica.

São mais de 600 colaboradores vivendo valores como acolhimento, ousadia, consciência, colaboração e comprometimento, que unem e representam a cultura da empresa, pois prezam a proximidade, o bom relacionamento e o companheirismo entre as pessoas e equipes, aprendizados que são reforçados pelo CEO André Luís Klein da Silva.

André é um dos filhos do casal que está há mais de quinze anos nos negócios carregando e transmitindo a todos os colaboradores aprendizados familiares construídos há anos. Cada funcionário representa uma parte essencial da história da Dalila e carrega caminhadas e experiências que fazem a diferença nessa jornada de 30 anos.

Para trazer um pouco mais da Dalila e o que ela representa em sua forma de trabalho, nada melhor que seus próprios colaboradores falando um pouco sobre suas caminhadas e experiências.

A colaboradora Jéssica Cimardi Rumf iniciou na empresa em janeiro deste ano, no setor de Qualidade e Revisão das Malhas e hoje atua há dois meses no setor Comercial com o E-commerce. “Minha expectativa desde o início era de crescer e me desenvolver, só não esperava que fosse tão rápido! Após um mês de efetivação com a Dalila, me candidatei em duas oportunidades de recrutamentos internos, senti-me acolhida desde o primeiro bate-papo com a gestora de uma das vagas. Após alguns dias me emocionei ao receber o sim!”

Jéssica também conta que foi muito bem recepcionada por toda a equipe na transição de áreas, a recebendo com um cartaz no primeiro dia no novo setor. “Aqui não somos só mais um número, somos reconhecidos por nosso valor, com um tratamento muito humanizado em cada pequeno gesto, desde as ações e projetos de conscientização de datas importantes, até o carinho e preocupação com nosso bem-estar. Minha história ainda é recente, porém conheço colegas que estão há 10 ou 20 anos na empresa e iniciaram do mesmo modo que eu”, diz ela.

Segundo o gestor da área de Comércio Exterior, Eudes Pereira Pardim, que está há 12 anos na empresa, o clima diário é otimista, com muito comprometimento e colaboração entre os colaboradores, que seguem o exemplo dos fundadores. Eudes iniciou na área da Expedição, e depois se candidatou para um dos recrutamentos internos e aceitou uma oportunidade na Portaria da empresa. Nova oportunidade surgiu como Promotor de Vendas, na loja de pronta-entrega, onde se desenvolveu e assumiu a liderança.

Ele explica que em 2016 recebeu dos executivos da empresa a proposta de tomar a frente do projeto do novo setor de Comércio Exterior, que atualmente e representa mais de 20% do faturamento total da organização. “Consigo ver valor no trabalho que fiz e faço em cada área que atuei. Me enche de orgulho levar o nome da Dalila para diversos países e entender que foi o trabalho de todos que resultou nisto”, declara o gestor.

“A Dalila me propiciou realizar o desejo de somar, de fazer um trabalho realmente significativo, que fosse além da proporção usual”, declara o gestor Eudes. Foto: Divulgação

A Dalila traz em seus pilares inovação, tecnologia, sustentabilidade, apoia a igualdade racial e de gênero e acredita que beleza não tem padrão. Também possuem foco em ajudar na preservação do meio ambiente em ações e processos internos, como o projeto Viveiro Verde Vida.

A iniciativa começou em 2008, na unidade de Presidente Getúlio, e desde então vem preservando mais de 100 espécies de plantas e árvores nativas ameaçadas de extinção. Anualmente, durante a semana do Dia da Árvore, mais de 300 crianças da rede pública de ensino da região são recepcionadas na empresa para conhecer o projeto Produzir e Preservar, no qual recebem orientações de boas práticas e preservação do meio ambiente.

Momento de celebração dos colaboradores com tempo de empresa | Foto: Divulgação

Diversos projetos voltados a valorização dos colaboradores foram colocados em prática, como o Dalila INtegra, que mensalmente leva colaboradores da unidade de Jaraguá do Sul para conhecer a unidade de Presidente Getúlio, e vice-versa, além da presença de profissionais voltados ao bem-estar dos colaboradores, como médicos para cuidar da saúde física e psicólogo visando a saúde mental.

Durante os 30 anos de história, diversos ex-funcionários retornaram para a empresa, como é o caso de Vanessa Koepsel, que conta o motivo de regressar. “Trabalhei na Dalila de 2009 a 2017 e retornei para a empresa assumindo a liderança do Setor de Treinamentos, uma área com foco no desenvolvimento técnico dos colaboradores. Um dos principais fatores que me trouxeram de volta é a abertura que a instituição nos dispõe para construirmos juntos o nosso trabalho”, relata.

A experiência de Vanessa e de diversos outros colaboradores só demonstra o ambiente agradável que o local possui. “Nos incentivam a colocar parte de nossa essência naquilo que fazemos, assim como os valores que a empresa carrega desde 2009 evoluíram e são vivenciados na prática. O que mais faz diferença é o cuidado que recebemos aqui, atenção com nossa saúde física e mental, entre tantas outras coisas.”

A empresa ideal tem um ambiente acolhedor, em que os colaboradores se sentem à vontade e tem motivação para trabalhar. Além disso, é preciso sempre ouvir a equipe e entender os problemas de cada um para conseguir ajudá-los da melhor maneira possível. A Dalila Ateliê Têxtil é referência nisso, e os funcionários felizes e com possibilidade de crescimento dentro da organização são a maior comprovação.

“Nossos principais diferenciais são relações humanizadas, pautadas em nossos valores, oportunidades de crescimento e evolução profissional, cuidado e responsabilidade com as pessoas, a comunidade e o meio ambiente. Também a cultura inclusiva e clima organizacional em que as pessoas sentem-se verdadeiramente acolhidas, com sentimento de pertencimento”, declaram.

Apresentação da Coleção Verão 24 para os colaboradores, gerando pertencimento e orgulho à aqueles que tecem os produtos.

Para a organização, o segredo do sucesso é criar um ambiente em que as pessoas se sintam integradas e parte de um grupo. “É com orgulho que a Dalila abre as portas para os colaboradores e candidatos construírem parte da história da empresa e somarem com seus talentos e experiências”, finaliza a empresa.

Notícias no celular

Whatsapp