Belezas naturais e paisagens de tirar o fôlego são o forte do turismo no município de Schroeder. O verde é predominante e a aventura é o que mais encanta os olhos de qualquer um que venha a conhecer a pequena cidade da região. Além disso, os caminhos que levam os turistas aos pontos principais do município são ricos em história com uma arquitetura rica que chama a atenção de quem visita à cidade.

Conheça os pontos turísticos de Schroeder

Vários investimentos têm sido feitos no turismo local, como pavimentação e sinalização, tudo isso buscando melhorar a experiência de quem escolhe aproveitar as belezas naturais e outros elementos turísticos locais. Conheça o que o turismo de Schroeder tem para oferecer:

Usina do Bracinho (Estação Ecológica)

A Estação ecológica envolve a represa do Rio do Júlio e as represas do 1º Salto e 8º Salto, do Rio Bracinho. O acesso pode ser feito pela antiga Usina Hidrelétrica do Salto do Piraí, pela estrada Rio do Júlio, em Joinville ou pela Usina Hidrelétrica do Bracinho, em Schroeder. A função da estação ecológica é proteger a flora e a fauna do local e fazer a manutenção do regime hidrológico dos rios. Esse cuidado com o sistema hídrico visa um abastecimento regular das represas que acumulam a água utilizada nas usinas hidrelétricas da região. O acesso é feito mediante autorização do órgão responsável – Celesc.

Usina do Bracinho | Foto Rafael Vieira / Celesc

Estrada Rio do Julio

A Estrada Rio do Júlio se estende por 28 quilômetros e é uma rota antiga que liga o interior de Schroeder, através do bairro Itoupava-Açu à Serra Dona Francisca, em Joinville. Ela é dividida ao meio pelos municípios de Schroeder e Joinville. Folhagens e árvores de inúmeras espécies formam uma floresta densa nas margens e os córregos, e cachoeiras se destacam. O local tem grande procura por pessoas que praticam esportes ligados à natureza: cicloturismo, trekking, camping, observação de pássaros e passeios em famílias. Toda a água que abastece a cidade de Schroeder é oriunda do Vale Rio do Júlio.

Foto Arquivo/OCP News

Figueira Centenária

Localizada no bairro Rancho Bom em terreno particular, apenas a alguns quilômetros do centro da cidade. A árvore possui 25 metros de altura e 20,4 metros de largura, chamando a atenção por seu grande porte. O acesso é feito pela Estrada Rancho Bom ou Estrada Braço do Sul, com belas paisagens rurais.

Foto: Divulgação | Fotógrafo amador

Acesso ao bairro Vila Nova de Joinville

Com a pavimentação de mais uma extensão da estrada Duas Mamas, Schroeder terá acesso mais facilitado ao bairro Vila Nova, em Joinville. O local é uma ótima opção para os praticantes do cicloturismo.

Morro Pelado

O morro recebe este nome devido a uma queimada que devastou boa parte de sua vegetação há alguns anos. A montanha detém uma altura de 390 metros em relação ao nível do mar e seu acesso é feito por uma trilha íngreme, num percurso estimado de 2.132 metros de ida e volta. Do topo da montanha, a vista é incrível. Hoje, o local também é frequentado por adeptos do hikking/trekking.

Foto Divulgação | Fotógrafo Amador

Prainha

Local muito frequentado no verão, situa-se no Centro de Schroeder junto à ponte Gneipel. O acesso é feito por uma via secundária, rua Helena Koplin. A tranquilidade e o verde que cercam o local, juntamente com o barulho da água trazem uma sensação de relaxamento e bem-estar.

Corredeiras do Rio Bracinho

O Rio Bracinho, localizado a cerca de quatro quilômetros do Centro é de correntezas fortes e atrai pessoas que gostam de esportes radicais na água, como canoagem e boia cross. A descida no rio é feita em botes infláveis e acompanhados de um instrutor – sempre com o uso dos equipamentos de segurança. Além de campeonatos de canoagem, o local é usado para preparação e treinos periódicos de atletas do município e região.

Foto divulgação | Fotografo amador

Curiosidade: de acordo com informações da Secretaria de Turismo, as eliminatórias para as olimpíadas de Atenas foram realizadas nas Corredeiras do Rio Bracinho!

Recanto Renascer

Possui uma área de 250 mil metros quadrados de mata preservada, com grande diversidade de fauna e flora. A principal atração é a trilha ecológica com uma rota de cinco cachoeiras: Brisa da Montanha, Espuma d'água, Macaco, Funil e Paredão d'água. Fica no bairro Bracinho, próximo da Estação Ecológica.

Foto: Eduardo Montecino | Arquivo OCP News.

Vale do Peixe

Outra obra em andamento é a pavimentação da rua Braço do Sul, que faz a ligação com o bairro Rancho Bom. No local já existem investidores interessados na produção e criação de peixes, como a truta. O local é convidativo por sua beleza natural de encostas verdes, cachoeiras e trilhas.