Aumento nos casos de dengue: Repelente Xô, disponível nos Postos Mime, previne contra picadas do Aedes aegypti

Arte: OCP News

Por: Maria Luiza Venturelli

29/02/2024 - 07:02

O aumento alarmante dos casos de dengue em Santa Catarina está deixando as autoridades de saúde em alerta. A Prefeitura de Jaraguá do Sul divulgou, no último dia 22, um Boletim Epidemiológico da Dengue, atualizando os números da semana e evidenciando a gravidade da situação.

Os dados revelam um crescimento significativo nos casos notificados, confirmados e focos do Aedes aegypti, transmissor do vírus que causa a dengue. Em apenas uma semana, os casos notificados saltaram de 342 para 538, representando um aumento de 196 casos.

Dentre esses, 97 foram confirmados, indicando um acréscimo de 43 casos em relação ao boletim anterior. Além disso, há 215 casos descartados e 226 casos prováveis, considerando a soma de suspeitos, confirmados e inconclusivos.

Os focos do mosquito também apresentaram um aumento preocupante, passando de 397 para 485 no mesmo período, um acréscimo de 88 focos. Os bairros mais afetados são Ilha da Figueira, com 43 focos, Centro, com 33, e Vila Nova, com 26, demonstrando uma concentração alarmante do Aedes aegypti.

Saiba como prevenir

Foto: Eduardo Montecinto/PMJS/Divulgação

Para combater o mosquito da dengue e evitar a sua picada, a Secretaria Municipal de Saúde reforça alguns cuidados que podem fazer toda a diferença, como:

  • Elimine acúmulos de água, como pneus velhos e recipientes virados para baixo;
  • Instale telas em portas e janelas para impedir a entrada do mosquito;
  • Coloque areia nos pratos de vasos de plantas para evitar a formação de criadouros;
  • Descarte o lixo corretamente e mantenha as latas sempre tampadas;
  • Faça limpezas regulares em ralos e calhas para prevenir acúmulo de água;
  • Mantenha piscinas limpas e atente-se à limpeza em épocas de surto de dengue. Peixes em aquários podem ajudar a controlar larvas;
  • Utilize inseticidas e larvicidas conforme recomendações de saúde;
  • Use repelentes industriais para proteção contra picadas, evitando repelentes caseiros de eficácia limitada.

Repelente Xô nos Postos Mime

Foto: Divulgação/Postos MIme

A prevenção torna-se essencial para evitar a propagação da doença, e uma das medidas mais eficazes é o uso de repelentes. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomenda o uso de repelentes registrados no órgão para proteger contra a picada do Aedes aegypti.

Para isso, contar com um produto acessível e de qualidade é fundamental para garantir a proteção da saúde de toda a família. É aí que entra o Repelente Xô, uma solução prática e eficaz disponível em todos os Postos Mime.

Ele apresenta uma fórmula especial, com 15% de DEET (N,N-dimetil-meta-toluamida), substância reconhecida por sua eficácia na repelência de mosquitos, incluindo o Aedes aegypti.

O DEET, desenvolvido por militares americanos na década de 1940, proporciona uma proteção prolongada mesmo em áreas onde o risco de transmissão da doença é maior. O componente interfere com os neurônios e receptores localizados nas antenas do mosquito e nas partes da boca que detectam compostos químicos como o ácido láctico e o dióxido de carbono.

Além da praticidade e do preço acessível, o Repelente Xô se destaca pela sua eficácia comprovada na proteção contra a dengue. Com sua fórmula de alta qualidade, você pode desfrutar do verão com tranquilidade, sabendo que está tomando as medidas necessárias para prevenir a dengue e proteger a saúde de sua família.

Sintomas

Foto: Freepik

É importante estar atento aos sintomas iniciais da dengue, que incluem dor muscular intensa, febre alta, dor atrás dos olhos, mal-estar, dor de cabeça e manchas vermelhas na pele. Ao identificar esses sintomas, procurar atendimento médico imediatamente é essencial.

Pessoas de todas as faixas etárias são suscetíveis à doença, mas idosos e indivíduos com doenças crônicas têm maior risco de apresentarem sintomas graves e complicações.

Mais sobre os Postos Mime

Foto: Divulgação/Postos Mime

Em diversos momentos, uma marca, conhecida e querida pelos jaraguaenses, está presente. Trata-se da rede de postos Mime, do grupo Agricopel, que abastece o dia, e o veículo, de milhares de consumidores, impulsionando a economia local.

A rede Mime conta com cerca de 1,3 mil colaboradores e contabiliza 55 postos de combustíveis, espalhados por 26 cidades, em Santa Catarina. A marca leva, constantemente, o nome do município para outras regiões do estado e do Brasil, sendo uma referência no setor e se consolidando como a maior rede de postos de combustíveis catarinenses.

Conheça mais

Instagram: @postomime

Facebook: /postosmime

Notícias no celular

Whatsapp