Guilherme (E), Maria de Lourdes e Luciano da Silva estão batalhando para que o jovem possa ir, junto ao pai e treinador, lutar na Tailândia | Foto Arquivo Pessoal

Guilherme (E), Maria de Lourdes e Luciano da Silva estão batalhando para que o jovem possa ir, junto ao pai e treinador, lutar na Tailândia | Foto Arquivo Pessoal

Que a família é extremamente importante para impulsionar nossos sonhos a gente já sabe, mas uma vovó lutando muay thai não vê todo dia por aí...

Esse vídeo foi feito nesta semana, durante o treinamento do estudante Guilherme Jansen da Silva, 16 anos, que deve lutar na Tailândia, em janeiro de 2019.

Leia mais: População idosa cresce enquanto população jovem encolhe em Jaraguá do Sul

Nesta semana, ele ganhou reforço - no treinamento e na busca de apoio financeiro - de uma pessoa muito especial: a avó Maria de Lourdes Miguel da Silva, de 76 anos. Além de sair para vender números de uma rifa para ajudá-lo, ela participou de treinos também.

“Ela veio de Novo Hamburgo (RS) para passar alguns dias conosco e está dando muito apoio para ele. Nesse vídeo (em que a avó aparece dando socos na barriga do neto), ela está ajudando no treino de abdômen”, conta Luciano da Silva, pai e treinador de Guilherme.

A idosa costuma fazer hidroginástica e exercícios leves para manter a saúde e, segundo o filho, é muito ativa. Ela mostra que praticar esportes em família, além de mais prazeroso, é garantia de saúde e um nó ainda maior nos laços afetivos.

Se interessou pela história do Guilherme e também quer dar uma forcinha para ele ir lutar na Tailândia? Pode ajudar por meio do site de financiamento coletivo.

Quer receber as notícias no WhatsApp?