Segundo orientação do Ministério da Saúde divulgada nesta terça-feira (20), os pais também devem levar seus bebês, a partir dos 6 meses de idade e menores de 1 ano, até um centro de saúde de sua preferência para receberem a chamada "dose zero" da vacina contra o sarampo. O objetivo é intensificar a vacinação desse público-alvo, que é mais suscetível a casos graves e óbitos.

É importante esclarecer que essa “dose zero” não substitui e não será considerada válida para fins do calendário nacional de vacinação da criança.

Assim, além dessa dose que está sendo aplicada agora, os pais e responsáveis devem levar os filhos para tomar a vacina tríplice viral (D1) aos 12 meses de idade (1ª dose); e aos 15 meses (2ªdose) para tomar a vacina tetra viral ou a tríplice viral + varicela, respeitando-se o intervalo de 30 dias entre as doses.

A vacinação de rotina das crianças deve ser mantida independentemente da criança ter tomada a “dose zero” da vacina.

Receba as notícias do OCP no WhatsApp: