A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe) segue no município de Guaramirim, porém os números estão abaixo do esperado pela Secretaria de Saúde. Até o momento, Guaramirim já aplicou 4.396 doses da vacina.

Conforme a supervisora da Vigilância em Saúde, Ana Maria Rodrigues, o número é abaixo do esperado. A menor procura está no grupo formado por crianças de seis meses a menores de 6 anos e gestantes, que já deveriam ter se vacinado na primeira fase da campanha.

Neste momento, a campanha nacional está na segunda fase, em que devem ser vacinados trabalhadores da educação e idosos acima de 60 anos.

“Pedimos que as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários procurem as unidades de saúde para fazerem a sua imunização, pois é uma forma importante de se proteger”, afirma Ana.

Os grupos prioritários para vacinação da gripe são:

1ª fase:

Crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; puérperas; povos indígenas; trabalhadores da saúde;

2ª fase:

Idosos com 60 anos e mais e trabalhadores da Educação.

3ª fase (inicia 09/06 até 09/07):

Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento, forças armadas; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

A vacina contra a gripe está disponível nas unidades de saúde: São Pedro, Corticeira, Caixa d'Água, Avaí, Bananal do Sul, Rio Branco e Centro. O horário de atendimento para vacinação é das 7h30 às 11h30 e das 13h às 15h.