A partir de outubro, os moradores da microrregião com idade entre nove meses e 59 anos devem tomar a vacina contra a febre amarela. A imunização foi liberada para todo o estado de Santa Catarina com o objetivo de antecipar a proteção contra a doença em caso de aumento da área de circulação do vírus.

Até então, a vacinação tinha sido intensificada apenas nas áreas rurais dos municípios. Segundo comunicado da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) do estado, as doses serão distribuídas entre as cidades catarinenses gradativamente, seguindo um cronograma.

Em Jaraguá do Sul, Corupá, Guaramirim, Massaranduba e Schroeder, a campanha começa no mês que vem. Na microrregião, mais de 163 mil pessoas devem ser vacinadas. Deste número, 111 mil estão concentrados apenas em Jaraguá.

De acordo com a enfermeira de imunização da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), Clairi Mara Bihr, antes desta determinação do Ministério da Saúde, os moradores daqui precisavam tomar a vacina contra febre amarela apenas quando iram viajar para lugares considerados de risco.

Em Santa Catarina, são 162 municípios inclusos na Área de Recomendação de Vacinação (ACRV).

Ela explica que a mobilização foi feita primeiramente na área rural porque é onde o vírus da doença pode chegar mais rápido, considerando o corredor ecológico de circulação viral pela Mata Atlântica. "Ainda não tivemos casos, mas é melhor estarmos prevenidos", garante a enfermeira.

Pessoas com mais de 59 anos podem ser vacinadas desde que nunca tenham sido imunizadas e sejam avaliadas por um profissional para identificar se elas possuem contraindicações.

As vacinas estarão disponíveis nas unidades de saúde. Para receber a dose, é necessário apresentar a caderneta de vacinação.

O calendário de imunização no estado foi dividido em seis etapas e deve se estender até fevereiro de 2019, protegendo 3.357.780 pessoas. Um caso de febre amarela foi confirmado em Santa Catarina neste ano, em Gaspar, no Vale do Itajaí. Ela morreu em janeiro e pegou febre amarela em São Paulo.

Cronograma de ampliação da vacinação:

Setembro/2018

Joinville, Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Garuva, Itapoá, São Francisco do Sul, São João do Itaperiú.

Outubro/2018

Jaraguá do Sul, Corupá, Guaramirim, Massaranduba, Schroeder, Blumenau, Timbó, Indaial, Pomerode, Rio dos Cedros.

Novembro/201

Apiúna, Botuverá, Brusque, Gaspar, Gabiruba, Ascurra, Doutor Pedrinho, Rodeio, Benedito Novo, Agrolândia, Agronômica, Atalanta, Aurora, Braço do Trombudo, Chapadão do Lageado, Dona Emma, Ibirama, Imbuia, Ituporanga, José Boiteux, Laurentino, Lontras, Mirim Doce, Petrolândia, Pouso Redondo, Presidente Getúlio, Presidente Nereu, Rio do Campo, Rio do Oeste, Rio do Sul, Salete, Santa Terezinha, Taió, Trombudo Central, Vidal Ramos, Vitor Meireles, Witmarsum, Balneário Piçarras, Ilhota, Luiz Alves, Penha.

Dezembro/2018: 

Itajaí, Balneário Camboriú, Bombinhas, Camboriú, Itapema, Navegantes, Porto Belo, Angelina, Antônio Carlos, Biguaçu, Canelinha, Leoberto Leal, Major Gercino, Nova Trento, São João Batista, Tijucas.

Janeiro/2019

Águas Mornas, Alfredo Wagner, Anitápolis, Florianópolis, Governador Celso Ramos, Palhoça, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz, São Bonifácio, São José, São Pedro de Alcântara.

Fevereiro/2019

Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Ermo, Jacinto Machado, Maracajá, Meleiro, Morro Grande, Passo de Torres, Praia Grande, Santa Rosa do Sul, São João do Sul, Sombrio, Timbé do Sul, Turvo, Capivari de Baixo, Gravatal, Jaguaruna, Pedras Grandes, Sangão, Treze de Maio, Tubarão, Garopaba, Imaruí, Imbituba, Laguna, Paulo Lopes, Pescaria Brava, Armazém, Braço do Norte, Grão Pará, Rio Fortuna, Santa Rosa de Lima, São Ludgero, São Martinho, Balneário Rincão, Cocal do Sul, Criciúma, Forquilhinha, Içara, Lauro Muller, Morro da Fumaça, Nova Veneza, Orleans, Siderópolis, Treviso, Urussanga.

Quer receber as notícias no WhatsApp?