No fim da tarde desta quinta-feira (13), o Sindicato dos Empregados nas Empresas Permissionárias do Transporte Coletivo Urbano de Blumenau (Sindetranscol) anunciou que haverá paralisação do transporte coletivo na cidade durante toda sexta-feira (14).

A categoria entrou em estado de greve no último dia 5, alegando insatisfação com a suspensão das negociações do acordo coletivo de trabalho, que deveria ter sido fechado até 1º de novembro do ano passado, de acordo com o sindicato.

Entre os pleitos apresentados pelo Sindetranscol, estão o reajuste do vale-alimentação com índice superior ao INPC (2,55%), pagamento de Participação de Lucros e Resultados (PLR), mudança da data-base e alteração de nomenclatura dos cobradores para agentes de bordo.

Foto Divulgação/Sindestranscol

BluMob emite comunicado sobre a decisão

Em nota, a BluMob, empresa que administra o sistema de ônibus de Blumenau, afirma que "sempre adotou postura negocial transparente e responsável, demonstrando que é necessário buscar contrapartidas para que os objetivos e desejos de todos possam ser atendidos".

O comunicado destaca que a paralisação contraria uma determinação recente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). De acordo com a decisão judicial, o Sindetranscol deve manter 90% da operação do sistema em todos os dias e horários, com multa diária de R$ 100 mil em caso de descumprimento.

A concessionária afirma que, mesmo sem o acordo coletivo assinado, corrigiu salários e benefícios a partir de 1º de novembro de 2019, data-base para a negociação, em 2,55%, correspondente ao INPC acumulado de 12 meses. Com isso, os salários de motoristas e cobradores foram ajustados, respectivamente, para R$ 2.614,85 e R$ 1.530,79, e o vale-alimentação passou para R$ 820,40 por mês.

A BluMob reitera que as discussões sobre o dissídio coletivo devem ser realizadas na esfera judicial, "sem qualquer necessidade de causar prejuízo e riscos a todas as pessoas envolvidas".

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul