Céu parcialmente nublado pela manhã desta segunda-feira (15) em todo o Estado. A partir da tarde, pancadas de chuva com trovoada em todas as regiões. Temperatura amena em relação aos dias anteriores. Vento noroeste a sudeste, fraco a moderado com rajadas. Sistema: áreas de baixa pressão no Litoral Norte e passagem de uma frente fria pelo Litoral de SC. Já na terça-feira (16) muitas nuvens alternando com aberturas de sol, em SC. Chuva no início do dia principalmente da Grande Florianópolis ao norte do estado, com pancadas isoladas entre a tarde e noite. Temperatura em elevação. Vento nordeste, com variações de sudeste na terça-feira, fraco a moderado com rajadas.
Tendência de 19 a 29 de fevereiro de 2016
Nesse período o sol predomina com mais frequência em SC, elevando as temperaturas e favorecendo a formação de nuvens mais carregadas com pancadas de chuva rápida e ocasional. Chuva um pouco mais significativa ocorre nos dias 21, entre 24 e 25 e no dia 27, devido a frentes frias que passam pelo litoral do RS e de SC.
Marcelo Martins – Meteorologista
Jaraguá do Sul e região Segunda-feira (15): mínima de 20° e máxima de 28° Manhã Nebulosidade variável e chuva isolada • TardePancada de chuva isolada NoiteCéu com muitas nuvens Terça-feira (16): mínima de 22° e máxima de 30°
 Dia completo  Sol com chuva no início e final do dia
Imagens das últimas 4 horas
Imagens das últimas 4 horas
Descrição da imagem de satélite: 14/2/2016 6h30 As imagens de satélite mostram nuvens de chuva (em tons de verde) no Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, associadas a áreas de baixa pressão. Uma frente fria desloca-se no litoral Sul do Brasil, favorecendo maior presença de nuvens em Santa Catarina. Alta pressão no Litoral da Argentina e Uruguai.
Marcelo Martins - Meteorologista
Imagem Sinótica
Imagem Sinótica
Descrição da escala de cores da Imagem de Satélite: descrição tempo As cores nas imagens de satélite representam a temperatura do topo das nuvens. O preto indica a ausência de nebulosidade e, quanto mais destacado, menor a umidade relativa do ar. O branco e cinzaestão associados à presença de nuvens baixas, as quais podem estar muito próximas à superfície, como os nevoeiros e as nuvens stratus que, por vezes, podem resultar em chuvisco. O verde está relacionado a nuvens médias e altas, com topos em altitudes superiores a 10km. As médias, como os altocumulus, altostratus e nimbustratus, podem provocar chuva fraca ou moderada. As nuvens altas, como os cirrus, cirrucumulus e cirrustratus, são transparentes e não provocam chuva e nem sombreamento intenso. O vermelho e o azul indicam a presença de nuvens do tipo cumulunimbus, de grande desenvolvimento vertical e atividade chuvosa intensa. No caso do azul, maior é a altura do topo da nuvem e grande a chance de ocorrência de granizo e temporal.
Fonte: Epagri/Ciram