O Museu da Paz e a Fundação Cultural de Jaraguá do Sul, em apoio à Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (ANVFEB) – regional de Jaraguá do Sul, promoveu, no sábado (7), às 10h30, na Praça dos Expedicionários, solenidade cívica em homenagem ao 71 anos do Dia da Vitória. O dia 8 de maio de 1945 marca, oficialmente, a vitória dos aliados na Europa na Segunda Guerra Mundial, com a assinatura da rendição incondicional (capitulação) da Alemanha. foto5 Entre os presentes, autoridades políticas, militares e expedicionários que lutaram no conflito como Walter Carlos Hertel, João Apolinário Francener e João Rodolfo Hauck. Houve, também a participação do 62º Batalhão de Infantaria de Joinville e do Coral Municipal de Jaraguá do Sul que, juntos, entoaram a Canção do Expedicionário. De Jaraguá do Sul e região mais de 100 soldados foram enviados para os campos de confronto europeus. Cinco acabaram morrendo em combate: Antônio Carlos Ferreira, Artur Scheibel, Gumercindo da Silva, Harry Hadlich e João Zapella. foto3 Conflito militar global, a Segunda Guerra Mundial aconteceu de 1939 a 1945, envolvendo muitas nações, organizadas em duas alianças militares opostas: os Aliados e o Eixo (Alemanha, Itália e Japão). Foi a guerra mais abrangente da história, com mais de 100 milhões de militares mobilizados. Marcado por um número significante de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e as bombas atômicas, única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate. Trata-se do conflito mais letal da história da humanidade, resultando em aproximadamente 60 milhões de mortes e um custo de 1,5 trilhões de dólares. foto4 Fonte: PMJS