Divulgação
Divulgação

A partir da próxima sexta-feira (27), a Rádio Jaraguá passa a transmitir seus conteúdos de notícias e entretenimento apenas na frequência FM.

Isso porque o sinal AM da emissora, emitido a partir do parque de transmissão da Ilha da Figueira, será oficialmente desligado.

Nos últimos meses, o sinal da Rádio Jaraguá foi transmitido simultaneamente em AM e FM e, agora, ficará restrito à frequência modulada 101,3 mhz.

O fim da operação representa o encerramento de mais de sete décadas de transmissão em amplitude modulada.

De 1948 a 1993 a emissora transmitia o sinal em 1510 AM, nos anos 1990, a sintonia mudou para 1010 AM.

A migração para o sinal FM atende a um decreto assinado em 2013 pela então presidente Dilma Roussef, que tem como objetivo modernizar as transmissões de rádio no país.

As ondas AM, apesar do longo alcance, sofrem interferências de outras tecnologias.

Comemoração dos 71 anos da rádio | Foto Divulgação

Com a migração realizada neste ano, a Rádio Jaraguá é obrigada a devolver o canal AM para o governo.

Hoje, o sinal da emissora, que é transmitido do alto do Morro Boa Vista, cobre, além de Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder, Corupá, Joinville, São Francisco do Sul outras dez cidades do norte catarinense.

Neste ano, a Rádio Jaraguá completou 71 anos de história.

Fundada em setembro de 1948, a emissora entrou no ar com um time de grandes locutores do Brasil, como Cícero Motta e José Cláudio Giostri.

Segundo o presidente da Rádio Jaraguá, Cassius Gonçalves, com a mudança para FM, o veículo mantém seu compromisso com Jaraguá do Sul e as cidades da região. “Estamos mais modernos e sempre mantendo a nossa qualidade”, avalia.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul

Facebook Messenger