Profissionais do setor de eventos do Sul do Estado voltarão a manifestar sua insatisfação com o decreto que proibe a realização de eventos há mais de seis meses por conta da pandemia de Covid-19. Nesta terça-feira (22), em Criciúma, o grupo percorreu a Avenida Centenário em protesto, pedindo que sejam ouvidos pelas autoridades governamentais e que o retorno, com regras sanitárias, de todos os tipos de eventos seja permitido.

Agora, mais uma manifestação será realizada, desta vez, na BR-101. O grupo irá se reunir nesta sexta-feira (25), por volta das 16h30 e percorrerá a rodovia de Passo de Torres a Laguna. "A carreata terá alguns pontos de parada que ainda estamos definindo. Nós já pedimos organização da Polícia Rodoviária Federal e também da Polícia Militar das cidades onde pretendemos parar", afirma o proprietário de casas noturnas Hemerson Prisma, um dos organizadores da manifestação.

"Nós queremos o retorno de todas as classes de eventos, sejam elas com ou sem pagamento de ingressos. Queremos também que seja permitido o retorno mesmo com a classificação do Governo do Estado (mapa de risco) porque é fato que aglomerações estão acontecendo de qualquer maneira, seja em festa clandestinas, cultos religiosos, então queremos o direito de fazer nosso trabalho", completou Prisma.

O proprietário afirma ainda que a categoria está disposta a seguir todas as medidas sanitárias de prevenção a Covid-19 no retorno dos eventos. Na manifestação desta sexta-feira, profissionais de outras cidades do Estado deverão se unir no movimento.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp