Com a chegada dos dias quentes do verão também aparecem as viroses, principalmente o rotavirus/norovírus. O diretor da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), Eduardo Macário, alerta que a doença pode afetar pessoas de todas as idades, com os sintomas de diarreia aguda, vômitos, dores abdominais e febre. “Destaca-se nesta época as intoxicações causadas por vírus, principalmente pelo rotavirus/norovírus. São transmitidas de pessoa para pessoa ou indiretamente, através de alimentos ou água contaminados pelo manuseio”. O diretor explicou que não existe um tratamento específico, o principal é ingerir líquidos, especialmente água. Em algumas situações, é necessária a reposição hídrica por meio de soro, e, por isso, é muito importante procurar um médico. “Muito cuidado com a alimentação. Sempre verificar se os alimentos têm boa procedência e a sua forma de conservação. E ainda lavar bem as mãos, com bastante água e sabão. Com esses cuidados podemos garantir um verão tranquilo.” Recomendações - Lave as mãos cuidadosamente e com frequência, especialmente depois de usar o banheiro e de trocar as fraldas das crianças, antes das refeições e quando for preparar os alimentos; - Lave bem e deixe mergulhados em solução desinfetante frutas e legumes que vão ser ingeridos crus; - Use água tratada para beber e no preparo dos alimentos; - Mantenha sempre bem limpos os utensílios de mesa e os que são usados na cozinha; - Lembre-se de que o soro caseiro e os produtos equivalentes contêm sais minerais importantes para reidratar o paciente não encontrados na água pura; - Procure o médico tão logo se apresente episódios de diarreia aguda. *Com informações da Secretaria de Estado de Comunicação