Com um pedido de recurso, a concorrência pelos terrenos que compõem o condomínio industrial de Guaramirim terá desfecho apenas na próxima semana. A administração pública avalia o pedido de inclusão de documentação de uma das sete empresas interessadas nas áreas. Os envelopes com as propostas financeiras para compra dos imóveis ainda não foram abertos, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Ademir da Silva. “O pedido de recurso entrou na terça-feira para análise da comissão julgadora, se é procedente ou não. Depois vai para o prefeito (Luís Chiodini)”, disse Da Silva, explicando que só depois desse processo a Prefeitura poderá estimar o valor arrecadado com a concorrência. Apenas quatro lotes não foram requisitados, destaca o secretário. Um novo processo deve ser aberto para comercialização desses espaços. Entre os 15 lotes disponíveis, três deles contam com dois ou três terrenos. “Esses lotes com mais terrenos foram todos requisitados”, destaca o secretário. Por Natália Trentini