Foto Eduardo Montecino/OCP News
Foto Eduardo Montecino/OCP News

O prazo inicial para os cinco novos médicos começarem seus trabalhos em Jaraguá do Sul termina nesta sexta-feira (15). Porém, apenas um já iniciou sua atuação, enquanto os outros quatro profissionais estão com o contrato em tramitação.

No início de março, o prefeito Antídio Lunelli havia autorizado uma medida para trazer cinco novos profissionais e melhorar a atenção básica de saúde. Todos os médicos estarão cumprindo 40 horas semanais com uma remuneração mensal de R$ 15.832,00, mais a insalubridade de R$ 199,60.

O primeiro profissional contratado começou a trabalhar no dia 4 de março. Maurus Jurgen Weege Júnior, de 23 anos, é natural de Jaraguá do Sul e se formou na Fundação Universidade Regional de Blumenau (Furb), em 2018.

Ele está atuando na unidade de saúde do bairro Estrada Nova e por ser seu primeiro trabalho na atenção básica, Maurus acredita que precisa de mais tempo para reconhecer as necessidades da comunidade.

"Preciso passar um tempo maior com os pacientes para ir melhorando cada vez mais e sempre focando no atendimento personalizado aos jaraguaenses", relata.

Ele acredita que a população anseia bastante por atendimento, com bastante pessoas aguardando por consultas na fila de espera. "Acredito que o município tem um nível de atenção básica bem elevado", completa.

Quatro médicos vêm de fora

Dos cinco médicos contratados, quatro nasceram fora de Santa Catarina. O profissional que vem de mais longe é George Nobre Vieira, 35 anos, natural de Manaus (AM). Ele vai assumir em abril o posto de saúde do Rio Cerro.

Kássio Silva Temperly, 32 anos, é de Curitiba (PR) e vai atuar na unidade do bairro Três Rios do Norte, mas ainda não tem data definida para iniciar. Kássio se formou em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

A única mulher entre os profissionais contratados é a carioca Caroline Garnier Farias de Lima Martins, de 28 anos. Segundo a Secretaria de Saúde, no dia 1º de abril ela vai assumir a unidade do bairro Santa Luzia. Ela se formou em 2015, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O último médico é gaúcho de Pelotas e vai atuar no bairro Jaraguá 84. David Augusto Caetano de Mello, 33 anos, se formou em 2011 na Universidade Católica de Pelotas (UCPel). Seu contrato de trabalho também está em tramitação e a expectativa é que ele assuma no dia 1º de abril.

A diretora da Secretaria de Saúde, Niura Demarchi dos Santos, afirma que Jaraguá do Sul ainda precisa de mais três médicos para fechar um número ideal. Sem contar os quatro profissionais que estão em fase de contratação, o município tem 92 médicos na rede municipal de saúde, sendo 56 médicos clínicos e 36 especialistas.

Niura comemora a vinda desses novos profissionais e ressalta o impacto que eles terão na saúde do município. "Os médicos que precisaram cobrir uma lacuna nos últimos meses estarão voltando integralmente às suas unidades", comenta.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?