Vítima de um infarto, Arildo Muller, 54 anos, morreu na noite desta sexta-feira (17), em Jaraguá do Sul. Ele era presidente do Grêmio Esportivo Cruz de Malta e estava jogando bola no campo do time do coração, no bairro Rio da Luz, quando teve um princípio de infarto e caiu no chão por volta das 21h30. Os bombeiros tentaram reanimá-lo por cerca de 1h30, com o apoio do Samu. Segundo o amigo Eduardo Antoniolli, cerca de um mês atrás, Arildo reclamou de dor no peito e chegou a procurar um médico, porém nada de anormal foi constatado. Arildo trabalhava no setor de tinturaria na empresa Nanete Têxtil, segundo Eduardo. "Eles têm o grupo de veteranos e jogam toda sexta-feira à noite. Ele sempre participava, já era rotina. Já faz quase vinte e poucos anos que ele faz parte do Cruz de Malta", comentou o amigo, que trabalha no salão do clube.
Arildo Muller, 54 anos, teve infarto e caiu no chão | Foto Reprodução
O velório ocorre na sede do campo do Cruz de Malta, no Rio da Luz, desde às 6 horas deste sábado (18). O sepultamento está previsto para 17h deste sábado no cemitério de Rio Da Luz 1. Ele deixa enlutados a mulher, três filhos, mãe, irmãos, cunhados e demais parentes e amigos. Seis meses atrás, no campo do Guarani, também no bairro Rio da Luz, Rudicler Schirmann, 30 anos, não resistiu a um ataque cardíaco e morreu durante um amistoso do varzeano. LEIA MAIS: Jogador morre após ter infarto em partida de futebol em Jaraguá do Sul