As obras do viaduto na Avenida Waldemar Grubba serão retomadas na próxima segunda-feira (18). A informação foi repassada nesta quinta-feira (14) pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Os deputados federais Mauro Mariani (PMDB) e Jorginho Mello (PR) informaram que conversaram com representantes do órgão para garantir a retomada. O asfalto da estrutura será executado pela empresa Castellar, que presta serviços de manutenção das estradas ao órgão em Santa Catarina. A empresa responsável pela construção do viaduto, a EPT Engenharia, não está mais no local. O DNIT prometeu conclusão para setembro e disse que não haverá reajustes no valor orçado no contrato, de R$ 5,3 milhões. Confira a nota enviada pelo DNIT: Na próxima segunda-feira, dia 18, as máquinas da Empresa Castellar Engenharia estarão em Jaraguá do Sul para a conclusão da obra de construção do Viaduto Waldemar Grubba. A obra vinha sendo executada pela EPT Engenharia. No entanto, devido ao considerável atraso em sua conclusão, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – Regional de Santa Catarina, ainda no mês de junho, decidiu por notificar a empresa. A EPT oficializou solicitação ao DNIT/SC de reajuste do valor de contrato, alegando problemas em decorrência dos preços dos insumos, além de novo prazo para a entrega da obra. Com a impossibilidade legal de concessão de reajuste, o DNIT rescindiu o referido contrato e buscou outras soluções para o término da obra como, por exemplo, o chamamento de empresas que obtiveram a segunda e terceira colocações, que não apresentaram interesse, e nova licitação dos serviços remanescentes, o que levaria alguns meses para concretização. O DNIT/SC decidiu então pela transferência da obra à Empresa Castellar que já faz a manutenção da rodovia, de forma a garantir o término desta obra para o mês de setembro. O respectivo empenho orçamentário foi garantido hoje (14) ao superintendente do DNIT/SC, Vissilar Pretto, que encontra-se em Brasília.