Deve ser assinada ainda esta semana a ordem de serviço para a pavimentação da subida do Morro Boa Vista, em Jaraguá do Sul. A expectativa é que a empresa responsável, a Infrasul Infraestrutura, comece os trabalhos na próxima semana. Serão concretados 957 metros entre a Fazenda Spezia e a Chisetta Alpina, um dos trechos mais críticos e de maior movimentação. Vindo de Blumenau na tarde de ontem (10) especialmente para contemplar a vista do morro, os turistas Elisane Venancio, 22 anos, e Denis Trapp, 27 anos, foram surpreendidos pela dificuldade na subida e a moto acabou tombando. “Caímos por causa das condições. Estava com tanta expectativa de subir, me senti frustrada. É bom saber que vão pavimentar”, admitiu Elisane. O prefeito Dieter Janssen destaca que a manutenção é feita, mas a inclinação da estrada dificulta a fixação do material, exigindo reforço constante. “No sábado estávamos com esse problema, arruma durante o dia e vem a chuva durante a noite. Representa um risco para as pessoas que buscam o local”, disse. O principal benefício da concretagem, avalia o prefeito, será a possibilidade de impulsionar ainda mais o turismo de visitação e esportivo, tanto para praticantes de voo livre, caminhadas e pedaladas, e também para quem se direcionada à igreja. Uma médias de mil pessoas passam pelo local a cada fim de semana, afirma o presidente do comitê promotor da Chisetta Alpina, Célio Bayer. “Essa obra vai ser de suma importância porque é justamente o trecho mais difícil. Eu acredito que com isso vamos ter mais fluxo desse local bonito, não só pela igreja como pelo visual”, apontou o empresário. A obra custará R$ 1 milhão. Parte do recurso, R$ 897 mil, veio de repasse do Ministério do Turismo e o restante é contrapartida da administração municipal. Uma proposta para pavimentar toda a extensão, orçada em R$ 4 milhões, também estaria protocolada em Brasília, mas como houve liberação de um montante menor o projeto foi segmentado.