A prefeitura de Jaraguá do Sul divulgou editais para contratação de empresas para reformular duas áreas com potencial turístico.

A praça Ângelo Piazera, alvo de recorrentes projetos para melhorar o aproveitamento da estrutura, e a área central do bairro Nereu Ramos, um dos pontos voltado ao turismo religioso na cidade.

Todos os editais serão abertos até o dia 25 de fevereiro e a expectativa é que em até junho os projetos estejam prontos, apontando o investimento de cada obra.

A projeção é que em julho os trabalhos executivos possam iniciar efetivamente.

A revitalização da praça Ângelo Piazera vem sendo discutida fazem dois anos. A equipe de secretariado da Prefeitura fará reuniões para discutir se o novo projeto vai se manter nos padrões do esboço feito em 2017.

Atualmente, a praça tem boa parte da estrutura tomada por estacionamentos. O prédio na lateral é movimentado apenas pelo trabalho da Associação Jaraguaense de Artistas Plásticos (Ajap), o palco central perdeu a cobertura e não é mais utilizado para eventos.

A área esportiva é reduzida ao espaço aproveitado para prática de skate, e de lazer a um parque infantil.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

Segundo a secretária de Cultura, Esporte e Lazer de Jaraguá do Sul, Natália Petry, a ideia atual é deixar a praça com mais árvores, além da criação de um parquinho e colocação de equipamentos esportivos.

O prédio da Ajap também pode passar por uma reforma e abrigar uma cafeteria durante o dia e uma choperia à noite. A abertura do edital será feita no dia 22 de fevereiro no valor de R$ 173,4 mil para a elaboração do projeto.

"O objetivo é humanizar melhor aquele espaço publico, deixando com equipamentos e esportivos e preservando seu aspecto histórico", enfatiza Natália.

Turismo religioso

Segundo o secretario de Obras de Jaraguá do Sul, Onésimo José Sell, a Prefeitura quer transformar o bairro Nereu Ramos em um verdadeiro ponto do turismo religioso, por isso que muitas obras estão sendo feitas no local. "Os trabalhos começaram com a pavimentação no bairro e próximas a ele", destaca o secretário.

O próximo passo é revitalizar a área central do bairro, deixando o local mais atrativo para as pessoas da região e turistas.

A maioria dos incrementos será feito para para receber visitantes, em preparação a possível canonização do Padre Aloísio Boeing. O projeto deve custar no máximo R$ 173,2 mil, estima a Prefeitura.

Sell diz que os pontos principais da obra consiste na melhoria da praça de Nereu Ramos, com arborização e implantação de mais bancos.

Obras de paisagismo também serão feitas nas proximidades da igreja Nossa Senhora do Rosário. A ideia central da prefeitura é ampliar a beleza do bairro, mas não mudar sua identidade vinculada à colonização italiana.

Nova ponte

A Prefeitura de Jaraguá do Sul está projetando a criação de uma ponte ligando a rua 13 de maio com a rua Joaquim Francisco de Paulo.

Segundo o secretário de Obras, Onésimo Sell, o objetivo é melhorar a mobilidade urbana da região do Amizade e Czerniewicz com a os bairros Água Verde, Vila Lenzi e Chico de Paulo.

Os estudos e projetos estão com um valor inicial de R$ 303,5 mil. "Estamos sempre estudando para fazer obras que melhorem o fluxo do trânsito na cidade", relata.

O gerente de projetos, Antônio da Luz, disse que após a finalização dos projetos, a administração municipal vai dar prosseguimento para lançar o edital da execução das obras.

"A intenção do prefeito Antídio Lunelli é de iniciar as obras no segundo semestre", destaca.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?