A Prefeitura de Palhoça vai dar início, nesta quinta-feira (22), às obras de revitalização da Avenida Atílio Pedro Pagani, e será necessário realizar modificações no trânsito para viabilizar a abertura dos trabalhos.

O semáforo existente no cruzamento da Atílio Pagani com a Avenida Hilza Terezinha Pagani (na esquina do Centro Administrativo municipal) estará desativado (na verdade, ficará ligado na forma intermitente) e o cruzamento não será mais permitido.

Ou seja: será bloqueada a travessia para quem vem do Fórum, por exemplo, e precisa atravessar a Atílio Pagani para seguir a caminho do Passa Vinte; da mesma forma, quem trafega pela Hilza Pagani e passa pela frente da Prefeitura não poderá mais seguir em frente na direção do Caminho Novo.

 

 

Enquanto seguirem as obras, também ficarão proibidas as conversões à esquerda no cruzamento entre as avenidas.

As obras vão iniciar em um trecho próximo à rótula do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Palhoça (Sitrampa), nas duas pistas que hoje têm o sentido de circulação bairro-Centro.

O trânsito será interrompido nessas pistas e desviado, logo após a rótula: quem trafega no sentido bairro-Centro passará para o outro lado do canteiro e irá ocupar uma das pistas que hoje fluem no sentido de circulação Centro-bairro. Portanto, este trecho da Atílio Pagani entre o semáforo e a rótula do Sitrampa passará a ter mão dupla, com uma pista em cada sentido.

Toda a sinalização necessária para demarcar os corredores de veículos será feita, inclusive com a utilização de cones.

Os responsáveis pelo setor de trânsito da Prefeitura vão acompanhar os trabalhos e novas alterações poderão ser definidas, dependendo do impacto que as obras provocarem no tráfego local, para melhorar o fluxo de veículos.

A Atílio Pagani é uma das principais vias de acesso e interligação de bairros como Pagani, Pedra Branca, São Sebastião, Madri e Caminho Novo. Existem rotas alternativas, como a utilização da Rua Vereador Jacob Knabben da Silva (a geral do Passa Vinte) ou a Padre Reus (a geral do Caminho Novo) para acessar esses bairros.

A obra

Localizada em um importante eixo econômico do município, a Avenida Atílio Pedro Pagani foi criada nos anos 1990. Agora, com a revitalização, a via vai receber repavimentação asfáltica, manutenção da drenagem existente, execução de sinalização (horizontal e vertical), calçadas padronizadas, ciclovia elevada e arborização. “A modernização viária é um investimento que ajuda a alavancar a economia da cidade. A Atílio Pagani é uma avenida com grande fluxo de veículos e pedestres, em uma área muito movimentada, onde encontramos shopping, supermercado, um comércio forte e a própria sede da Prefeitura”, destaca o prefeito Eduardo Freccia.

A obra possui extensão de 1.200 metros, desde o encontro com a via marginal da BR-101 até as proximidades da rótula existente em frente à sede do Sitrampa.

O cronograma de execução da obra é de 10 meses. Caso não ocorra nenhum entrave, a previsão é a de concluir os trabalhos em janeiro de 2022. “Nós vamos deixar a Atílio Pagani com uma cara mais moderna e sem dúvida essa obra de revitalização também vai contribuir para melhorar a mobilidade urbana no local”, projeta a secretária de Infraestrutura, Kristy Cardoso Fabre.