O novo veículo foi apresentado em editorial de capa pelo então gerente, o jornalista Arthur Müller, (1895/1957), também vereador e prefeito de Jaraguá do Sul. Em linguagem da época, o texto do jornal dizia: “Certos do benévolo e generoso acolhimento que nos dispensarão os nossos contemporâneos, damos hoje a publicidade ao semanário “O Correio do Povo”. Fundado neste districto para ser o porta voz do público jaraguaense, promettemos nunca nos desviar da linha recta de moral e justiça que traçamos. Independente e noticioso, sempre prompto a defender os interesses deste nosso torrão, veio “O Correio do Povo”, preencher uma lacuna de que há muito o povo jaraguaense sentia a falta. Mas, para coroar de êxito a luta que encetamos, estamos certos que não nos deixarão de auxiliar os nossos contemporâneos, promettendo nós, trabalhar com afinco em prol do bem collectivo...”. Foi assim que O Correio do Povo chegou pela primeira vez nas mãos dos leitores. Nestes quase 100 anos de muitos avanços, o jornal foi responsável por registrar os principais acontecimentos de Jaraguá do Sul e região, sempre tendo consciência do seu compromisso em ajudar a promover o desenvolvimento social, político, econômico e cultural da região. Em homenagem a todos que ajudaram a escrever e aos que acreditaram em nossa história, a edição de hoje foi inspirada no design daquela época, abrindo a contagem regressiva para o centenário. Continuem com a gente. Boa leitura. O NÚMERO 1 inteira

LEIA A COLUNA COMPLETA NA VERSÃO DIGITAL DO JORNAL O CORREIO DO POVO