A Diretoria de Trânsito da Prefeitura de Jaraguá do Sul está realizando leilões para acabar com o problema dos veículos acumulados nos dois pátios abandonados pela empresa G-truck. Um dos leilões foi realizado no dia 10 de abril e outros dois estão agendados para os dias 10 de julho e 20 de novembro. De acordo com o diretor de trânsito, Irio Riegel, os dois próximos leilões devem zerar o número automóveis que estão guardados em dois terrenos localizados na rua Walter Marquardt, no bairro Barra do Rio Molha, ao lado e em frente do restaurante Califórnia. A Prefeitura gasta todos os meses R$ 8 mil com o aluguel dos espaços. O primeiro leilão contou com a venda de 92 veículos divididos em 16 lotes. Todos os lotes foram arrematados, mas um deles, com 12 veículos, não foi pago e acabou não sendo retirado. A Diretoria de Trânsito arrecadou R$ 48 mil no processo. “Todo esse dinheiro vai para uma conta judicial por conta do processo que a empresa G-truck move contra a Prefeitura. Se não houvesse esse entrave, o dinheiro iria para o pagamento do guincho, das diárias e das multas”, conta Riegel, ao comentar que dificilmente sobra para o pagamento dos donos dos veículos parados no terreno.

Mais leilões

A diretoria calcula que 112 carros, contando com aqueles 12 que não foram retirados, ainda estão guardados nas dependências dos dois pátios. Funcionários da Prefeitura trabalham no remanejamento dos veículos e um dos pátios deve ser desativado até o final do mês de maio. No pátio administrado pela Diretoria de Trânsito, localizado no bairro Nereu Ramos, outros 259 carros e motos estão catalogados e já podem ser leiloados nos próximos eventos. Desde que começou a operar, em novembro de 2017, o novo pátio recebeu 1.289 veículos. Destes, 927 foram colocados em circulação novamente pelos donos. Mas 362 carros e motos ocupam as dependências do local. “Os leilões vão servir inicialmente para retirar os veículos do pátio da G-truck. Além da economia com o pagamento dos aluguéis, vamos nos livrar daqueles carros que estão apodrecendo e acumulando água e podendo servir de criadouros de vetores de doenças como o mosquito da dengue. Além disso, nós teremos mais espaço para os veículos no pátio novo”, afirma Riegel. A quantidade de veículos e os lotes disponibilizados no leilão do dia 10 de julho ainda não foram definidos pela empresa que administra o processo. De acordo com o diretor de Trânsito, os automóveis que serão leiloados e os lotes ainda serão definidos. A empresa responsável vai disponibilizar todos os detalhes do leilão no dia 1º de julho. Leia mais https://ocponline.com.br/apos-reforma-escola-em-guaramirim-e-reinaugurada/ https://ocponline.com.br/schroeder-tera-mutirao-para-renegociacao-de-dividas-em-maio/