A notificação extrajudicial à Superintendência do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) de Santa Catarina elaborada pela Prefeitura de Jaraguá do Sul deve ser entregue até segunda-feira (18). O documento reclama a sequência de atrasos na construção do viaduto da BR-280, na Avenida Waldemar Grubba. Segundo o prefeito Dieter Janssen, a fundamentação da notificação está a cargo do procurador geral do município, Eduardo Marquardt. “Não dá mais para esperar”, desabafa o prefeito, que em outubro de 2015 ouviu do supervisor regional do órgão, Antônio Carlos Bessa, que a obra seria concluída em dezembro. Na mesma linha, o deputado estadual Vicente Augusto Caropreso emitiu nota de repúdio, na terça-feira (12). A assessoria de comunicação da Superintendência do Dnit-SC divulgou comunicado contestando a reclamação de que os trabalhos do viaduto estão parados. A nota diz que após o recesso de final de ano a Empresa EPT, responsável pela execução da obra, retomou os trabalhos no local. “As equipes da empresa estão executando calçada e guarda-corpo. Há cerca de quatro meses chove praticamente todos os dias na região. Para a colocação de base para recebimento da camada asfáltica, são necessários de três a cinco dias de tempo seco”, afirma o órgão. Em relação aos pagamentos à empreiteira, o comunicado diz que o Dnit encaminhou as medições para Brasília. “O recebimento dos valores devidos se dá por ordem cronológica de serviços prestados ao órgão em todo o Brasil e conforme disponibilidade de recursos financeiros e liberação pelo Tesouro Nacional”. Previsto para ter destinação de R$ 5,2 milhões do governo federal, o viaduto teve previsão inicial de entrega para abril de 2015 e até agora não foi concluído.