Novamente a neve foi registrada em Santa Catarina e mais de dez cidades no estado contaram com a presença do fenômeno nesta quarta-feira (28). Na Serra catarinense, turistas e moradores foram para as ruas brincar com os flocos que caíram no fim da tarde e durante a noite.

O registro do fenômeno aconteceu em Curitibanos, Lages, São José do Cerrito, Bom Retiro, Urupema, São Joaquim, Urubici, Campos Novos, Palmeira, Painel, Rio Rufino, Celso Ramos e Fraiburgo. As informações são da NSC.

A neve atraiu inúmeros turistas, entre eles a Fernanda Oliveira de São Paulo, que viajou para São Joaquim e viu a neve no Centro da cidade. Mesmo assim, a expectativa por novos eventos continua.

"Já tiveram duas ocorrências de flocos de neve, porém pequenos, por enquanto. Foi incrível. Vamos aguardar até nevar mesmo", afirma.

Fernanda e o marido, Matheus Lugato, estão viajando de carro em busca das temperaturas negativas. Na manhã de quarta-feira, eles saíram de Lages para Urupema.

 

 

Foto: Fernanda Oliveira/Arquivo Pessoal

"Saímos por volta de 5h, chegamos a Urupema por volta das 7h e o termômetro marcava - 8°C no Morro da Antena. Depois, fizemos um passeio por Urubici, Bom Jardim da Serra, Serra do Corvo Branco, Serra do Rio do Rastro e, no momento, estamos em São Joaquim. Chegamos por volta de 15h, o termômetro marcava -1°C. Nunca passei tanto frio", concluiu Fernanda.

Já o morador de São Joaquim, Lucas Rocha aproveitou da mesma forma o frio da Serra. A prima de Lucas, Dayany Zabot, conseguiu registrar a queda de alguns flocos de neve na cidade. (Veja o vídeo abaixo).

Segundo a Defesa Civil, até sábado (31), a atuação de intensa massa de ar frio vai continuar deixando as temperaturas baixas em no estado. Devido ao vento permanente e forte, a sensação deve ser de frio ainda mais intenso.

As temperaturas mínimas previstas para este período variam de -9°C a -13°C nos Planaltos e Meio-Oeste, de -4°C a 0°C no Oeste, Alto Vale do Itajaí e Grande Florianópolis, de -2°C a 4°C no Médio Vale do Itajaí e Litoral Sul e de 0°C a 5°C nas demais áreas litorâneas.