No final da manhã desta quarta-feira (11), um motorista encontrou um bebê abandonado pela mãe dentro de uma sacola plástica na Praça 24 de Outubro, em Inhaúma, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Wallace da Silva Ferreira, de 31 anos, foi quem encontrou o menino recém-nascido e o levou para receber atendimento na Clínica da Família Zilda Arns, no Complexo do Alemão.

"Estava de passagem pela praça e resolvi parar para comprar uma peça do meu carro, mas quando retornava da loja vi essa bolsa azul se mexendo e resolvi ir ver o que era. Curiosidade mesmo. Até achei que poderiam ser filhotes de gatos ou cachorros. Nunca imaginei que poderia ser uma criança", conta o motorista.

Segundo Wallace, a criança parecia ter poucos dias de vida e estar alimentada.

"Se não tivesse se mexido, eu não iria lá ver, porque nem chorando ele estava. Era bem calminho e estava enrolado em um lençol", explicou o motorista.

Segundo Wallace, ele não tinha nenhum ferimento ou sinais de sangue que pudessem sugerir o abandono logo após o parto.

"É um sentimento de alívio, porque agora sabemos que ele vai ser bem cuidado e futuramente deve ter um lar. Só fico tentando entender como um ser humano, um pai e uma mãe, pode ter a capacidade de fazer isso com um filho", questionou Wallace, que tem uma filha de 13 anos.

De acordo com os agentes da 44ª DP (Inhaúma), investigações estão em andamento para apurar o crime de abandono de incapaz.

"Agentes realizam diligências em busca de informações que possam auxiliar a esclarecer o caso", afirma a corporação em nota.