Por Ana Paula Gonçalves Subir ao morro Boa Vista é uma experiência e tanto. Isso porque a vista não é somente boa, como o nome sugere, mas maravilhosa. Por outro lado, as condições de alguns trechos do trajeto íngreme são precárias, tornando o acesso difícil e perigoso. O bairro vertical, que abriga o maior cartão postal da cidade e que atrai turistas de todo o Estado e de fora dele está recebendo desde o ano passado investimento em pavimentação e deverá contar com outras melhorias. Para a presidente da Associação de Moradores, Mariana Pires, as obras de concretagem iniciadas em 2016 e as que estão por vir são uma grande vitória para o bairro. Segundo ela, com o aumento do fluxo de pessoas, aumentou, também, a insegurança dos moradores. “Não temos acostamento e, por isso, o trânsito aqui é perigoso. Já tivemos atropelamentos e carros que caíram do morro. Além disso, tem gente que desce alcoolizada, em alta velocidade”, observa Mariana. obra morro boa vista - em (29) Residente no bairro há 20 anos, ela diz que antigamente os atos de vandalismo não eram tão comuns quanto agora. “Recentemente, tivemos um incêndio na creche e outros delitos na escola e posto de saúde. Outro problema que está virando comum é as pessoas jogarem lixo por onde passam e temos que levar em conta o impacto ambiental que elas geram”, pontua. A presidente destaca o bairro como um local que precisa de cuidados com a preservação, pois guarda muita natureza e beleza. Saiba mais: Revitalização do bairro Boa Vista   Lugar de esportes e contemplação O grupo formado por Bárbara Mirapalhete, Bryan Augusto Cipriano, Luiz Miguel e Michele Dalsochio costuma subir parte do morro a pé até o topo. Eles aproveitam a caminhada para curtir a natureza e apreciar a vista. No entanto, concordam que alguns pontos do trajeto são perigosos, com estrada precária. “Aos fins de semana tem muita gente, aí a situação fica pior, porque é mais difícil transitar por aqui. Algumas pessoas costumam vir à noite também, mas não é seguro. Se melhorasse o acesso e a segurança já daria mais tranquilidade para quem busca lazer aqui”, acreditam.
turismo no morro boa vista - em
Bárbara lidera grupo que faz caminhada no morro e diz que é preciso aumentar a segurança e melhorar a infraestrutura
Na Chiesetta Alpina, a equipe do OCP encontrou o zelador do local, Claudio Clarismundo. Ele disse que no mês de abril, devido aos feriados, muitas pessoas da região aproveitaram para visitar a capela. “Não tenho como falar um número certo, porque muita gente não assina o livro de presenças da capela, mas acredito que umas três mil pessoas passaram por aqui”, observa. No livro, constam assinaturas de pessoas de todo o Estado, além de visitantes do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. “Há um ano estou cuidando do local. Tem domingos que essa área lota de carros estacionados. Vem muita gente”, revela. A pista de voo livre do Morro Boa Vista, a 865 metros de altitude, de onde é possível ver, em dias limpos, o litoral norte catarinense, é mais uma atração do bairro. O local atrai praticantes do esporte de diversas partes do país e do mundo. morro boa vista - em   Saiba mais: Morro Boa Vista, em Jaraguá, carrega história da cultura negra