Mau tempo atrasa retomada da construção do elevado na BR-280

Mau tempo atrasa retomada da construção do elevado na BR-280 Mau tempo atrasa retomada da construção do elevado na BR-280

Cotidiano

Por: Verônica Lemus

terça-feira, 06:00 - 20/02/2018

Verônica Lemus
O tempo instável e úmido das últimas semanas tem impedido o retorno das obras de construção do elevado na BR-280 em Guaramirim, no entroncamento com a SC-108. A retomada das obras estava prevista para o fim de janeiro, após o período de recesso da empresa responsável, o Consórcio Infrasul, Coneville e Setor Sul, de Joinville.
Retomada das obras estava prevista para o fim de janeiro | Foto Eduardo Montecino/OCP
Segundo o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Jaraguá do Sul, Leonel Floriani, o mau tempo impede a continuidade da construção das vias marginais do elevado pela necessidade de tempo seco para fazer a compactação correta do solo, sem riscos à qualidade e durabilidade do asfalto, que é a última camada a ser colocada em uma pavimentação. “É preciso um clima absolutamente seco e isso ainda não aconteceu esse ano”, afirma o secretário, acrescentando que seriam necessárias duas semanas de tempo bom para que a empresa possa retomar os trabalhos. Quer receber as reportagens do OCP Online no WhatsApp? Basta clicar aqui De acordo com as últimas informações divulgadas no Sistema Integrado de Controle de Obras Públicas (Sicop), de acesso pelo Portal da Transparência do governo do Estado, cerca de R$ 2 milhões - ou 5% - do total de R$ 41,2 milhões contratados para o projeto do elevado já foram destinados. Do percentual executado, R$ 1,7 milhão chegou a ser empenhado para o pagamento do serviço, porém, o pagamento foi anulado em dezembro passado.
As obras iniciaram um dia após a assinatura da ordem de serviço, em 25 de maio do ano passado | Foto Eduardo Montecino/OCP
As obras iniciaram um dia após a assinatura da ordem de serviço, 25 de maio do ano passado, quando o então governador Raimundo Colombo (PSD) esteve no município. Ainda conforme as informações do Sicop, foram feitas sete medições da obra, a última referente ao período de 1º a 30 de novembro do ano passado. O prazo previsto para a conclusão da obra é de 15 meses, com a entrega da obra estimada para meados de setembro deste ano. A estrutura terá um total de 650 metros, sendo 60 metros de elevado, com quatro pistas de rolamento, duas para cada sentido da via. O projeto também prevê a construção de vias marginais e rotatória, para diminuição dos conflitos entre os acessos em direção aos municípios do entorno, além de calçada para os pedestres. A Secretaria de Estado de Infraestrutura – contratante da obra e responsável pela fiscalização – estima que o elevado poderá solucionar de 60% a 70% do congestionamento no local.
Elevado poderá solucionar de 60% a 70% do congestionamento no local | Foto Eduardo Montecino/OCP
×