Seres humanos e animais têm uma enorme capacidade de superação e adaptação. As adoções especiais, em ambos os casos, requerem um olhar que vai além do padrão, ou do que é considerado “normal”.

Oferecer carinho e proteção a um animal que possui problemas de saúde pode parecer algo de outro mundo, mas, é preciso estar aberto ao processo.

Quando adotei Rebeka, em 2019, não imaginei que ela fosse portadora de FELV e essa descoberta jamais reduziu o amor que senti e ainda sinto, mais de um ano após sua partida. E é por isso que hoje trago uma história de adoção especial, contada pela Bicho Urbano Pet Shop e Clínica Veterinária:

“Hoje eu gostaria de falar sobre um amiguinho muito especial para todos nós da Bicho Urbano: o Bartolomeu (Bartô para os íntimos).

O Bartô foi resgatado das ruas com rinotraqueíte, uma condição respiratória bem comum em gatos. Além disso, ele é positivo para uma doença viral chamada FELV, também comum aos gatinhos. Seu tratamento foi iniciado e se alcançou uma grande melhora.

Gato amarelinho
Bartô merece uma vida tranquila e repleta de amor | Foto: Divulgação/Bicho Urbano

No entanto, não se curou completamente. Mesmo assim, ele vive muito bem! Tem um ronquinho característico que faz para respirar e um pouquinho de secreção que sempre sai do nariz. Fora isso, é um animal muito feliz, não sente dor e come bem.

Nosso maior sonho é que o Bartô um dia tenha uma família amorosa, pois apesar de todas as mazelas que já sofreu, não deixou de ser um gatinho muito amoroso, calmo e companheiro. É claro que sua adoção demanda alguns cuidados com a saúde.

Deve ser filho único, ou ter apenas irmãozinhos felinos que também sejam positivos para FELV, uma vez que essa doença pode passar para outros gatinhos (mas não para humanos ou cães).

Sabemos que ao pensar em adoção a primeira imagem que vem à nossa cabeça é a de filhotinhos fofinhos, mas é sempre bom lembrar que nos abrigos também há animais velhinhos ou que tenham alguma condição de saúde.

Esses bichinhos geralmente têm todo amor do mundo para dar, mas suas chances de serem adotados são pequenas. Que tal deixar o preconceito de lado e levar esse garotão para sua casa?”

Para saber mais sobre o Bartô, entre em contato pelo (47) 3273-8302.

ATUALIZAÇÃO: Bartô piorou e não resistiu... infelizmente não houve tempo para ser adotado. Lamento muito...

Pets disponíveis para adoção

Cães pretos
Amora (E) e Antonio | Foto: Divulgação/Ame Animais

  • A Amora tem 1 ano, é castrada e tem porte pequeno. Ela sofreu muito e por causa disso precisa de um lar com muita paciência e amor, pois tem medo e precisa ganhar a confiança de novo no ser humano.
  • O Antônio tem 1 ano, é castrado. Ama brincar com balões e dar muito carinho. Adora crianças também!

Cão mescla marrom, preto e branco e cão marrom
Tigrado (E) e Ursinha | Foto: Divulgação/Ame Animais

  • O Tigrado tem 9 meses e é castrado. Super carinhoso, brincalhão e está doido pra te encher de amor!
  • Ursinha, 1 ano. No começo ela é desconfiada, mas depois que recebe carinho fica cheia de energia e quer brincar. Porte grande, castrada.

Cachorra com língua de fora, filhote de roupa rosa e filhote de roupa azul clara
Fêmea misto de pitbull (E), filhote fêmea (C) e filhote macho | Foto: Divulgação/Ame Animais

Contato

  • Ame Animais - (47) 99644-9386.