Uma mãe tomou o maior susto, na tarde desta sexta-feira (5), quando foi arrumar os brinquedos dos filhos em Jaraguá do Sul. Ela foi juntar um brinquedo do chão, mas quando colocou a mão no objeto percebeu que se tratava de uma cobra.

Christian Raboch, biólogo da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama), explicou, em reportagm do G1, que a serpente era uma dormideira, portanto, não tem veneno.

"Foi a mãe [que achou a cobra no meio dos brinquedos]. Se agachou e encostou na serpente. Aí achou que era uma massinha da filha, mas era uma cobra", afirma Christian.

Christian fez um vídeo após o resgate do animal mostrando a técnica da dormideira para parecer maior e perigosa.

"Se a cobra tem cabeça triangular ela é peçonhenta? Ela pode ser. Essa aqui é uma dormideira. Ela está se sentido ameaçada e está achatando a cabeça para parecer maior. Essa é uma defesa contra um predador, mas ela é inofensiva", explica.

A cobra foi solta em uma área de mata.