Ex-jogadores do Jaraguá Futsal Renatinho (E) e Rafinha (D) duelam na partida - Fotos: Divulgação
Ex-jogadores do Jaraguá Futsal Renatinho (E) e Rafinha (D) duelam na partida - Fotos: Divulgação
Após a rede balançar 158 vezes em 24 partidas realizadas, com uma média de 6,58 gols por jogo, chegou a hora de conhecer o campeão do 23º Torneio de Verão de Schroeder. Entre as doze equipes que iniciaram a competição, os blumenauenses do Loes/HLS/Joclamar e os jaraguaenses do Cartório Jacobi/Instituto Você/EF Tecidos Esportivos obtiveram a melhor trajetória e decidem o título hoje, a partir das 20h30, no Ginásio Alfredo Pasold.
Se levar em conta os números de cada time ao longo do certame, a decisão promete muita emoção e equilíbrio. Os dois finalistas chegam ao duelo embalados por campanhas perfeitas, com cinco vitórias em cinco jogos. Além disso, de um lado estará o melhor ataque do campeonato com 30 gols marcados, o Loes, enquanto do outro tem a melhor defesa com apenas quatro tentos sofridos, o Cartório Jacobi.
Atual tricampeão, os blumenauenses se credenciaram à disputa pela taça ao vencer na primeira fase Amigos da Vila (5 a 2), Floricultura Ravenalla/Cativa (7 a 5) e Urbano (5 a 2). Nas quartas de final, a equipe eliminou o C.O.U.V.E. Guaramirim/KSDM/Eletrocon (6 a 5). Na semifinal, a vítima foi o Angerô (7 a 3). Para a partida de hoje, o Loes terá como desfalque os atletas Japa e Vitor Cani, suspensos. “A expectativa é boa. Esperamos fazer um bom jogo para sair de quadra com o título. Mas esta deve ser a final mais difícil que enfrentamos em Schroeder, ainda mais com os nossos desfalques. Então promete ser uma decisão muito equilibrada”, disse Adriano Burigo, dirigente do Loes.
Líder do Grupo C na fase classificatória, o Cartório Jacobi derrotou dentro da chave São Bento do Sul Futsal (4 a 1), Tintas Neumann/BGT (4 a 0) e C.O.U.V.E Guaramirim/KSDM/Eletrocon (5 a 2). Nas quartas de final, os jaraguaenses passaram por Floricultura Ravenalla/Cativa (6 a 1), enquanto na semifinal bateu o Cruzeiro/Rede Zandoná/Butuca (2 a 0). Para o embate decisivo contra o Loes, a equipe não poderá contar com os jogadores Xoxo e Joan, lesionados. “O Loes sempre quando chega na final é favorito. Nós vamos tentar fazer uma boa partida e equilibrar as ações. Vejo eles com um certo favoritismo, mas vamos brigar até o final. A vontade e entrega do nosso time fez a diferença durante o campeonato e espero que sejamos felizes também nessa final”, destacou o diretor e auxiliar técnico da equipe, Celio Lange.
Os ingressos para acompanhar a rodada final terão um custo de R$ 5 e podem ser garantidos antecipadamente no Posto Mime, de Schroeder, ou nas bilheterias do ginásio antes da bola rolar. A programação começa às 19h30, com a briga pelo terceiro lugar entre Angerô e Cruzeiro/Rede Zandoná/Butuca. Em disputa, uma premiação total de R$ 15 mil, sendo R$ 7 mil para o campeão, R$ 4.480 ao vice, R$ 2.275 para o terceiro, e R$ 1.015 ao quarto colocado, além de troféus e medalhas. O artilheiro e goleiro menos vazado também serão agraciados com troféus.