Os quilômetros da BR-280 que margeiam Jaraguá do Sul e Guaramirim são alvos constantes de reclamações dos motoristas que passam pelo trecho. De tempos em tempos, novos buracos surgem no asfalto e pioram ainda mais as condições da rodovia.

Nesta semana, leitores do OCP reclamaram da situação do asfalto da rodovia logo após a conhecida ponte do portal e em frente ao Mercado Viaduto, em Guaramirim.

O comerciante Nivaldo Vieira tem um negócio de aviamentos há 13 anos às margens da rodovia e também mora por ali. Para ele, além do perigo que os buracos causam para os motoristas, os pedestres e ciclistas precisam ficar atentos.

"Quando o caminhão ou carro vai desviar dos buracos, acaba invadindo o acostamento. Eu passo por ali de bicicleta e às vezes a pé, porque é mais prático, mas o risco de acidentes é alto", comenta.

Na avaliação de Vieira, as condições do asfalto pioraram com o período de chuvas que ocorreu recentemente. "Como o trecho é estadualizado, já sabemos que o serviço para arrumar vai demorar, é assim", observa o comerciante.

Geovane Surdi também trabalha pela região e reclama da quantidade de buracos que existem na rodovia. Em alguns trechos, o asfalto está se desgastando no limite com o acostamento, provocando um desnível maior.

"As condições estão muito ruins, deveriam melhorar, mas não vemos movimentação de serviço por aqui faz tempo", avalia Surdi.

Buracos serão tapados nesta semana

De acordo com o superintendente da regional Norte do Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura), Ademir Vicente Machado, nesta semana uma equipe de obras do órgão vai realizar uma operação tapa-buracos e passará pelo trecho entre Jaraguá e Guaramirim.

Em outubro, Machado pontou em entrevista ao OCP que o governo do Estado não tem orçamento para recuperação do trecho, pontuando que um recapeamento não acontece neste ano.

“O Estado não tem verba a não ser para fazer ações paliativas e, além disso, não tem previsão de recursos para revitalizar o trecho porque, na verdade, ele precisa ser revitalizado”, afirmou.

Um levantamento realizado pelo Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) neste ano apontou o trecho urbano da BR-280, entre Guaramirim e Jaraguá do Sul, como péssimo.

Há três anos, o governo do Estado pediu a estadualização do rodovia, antes federal, para iniciar a duplicação licitada em R$ 85,8 milhões, mas a obra não saiu do papel.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?