Mesmo sem ser candidato à reeleição, o prefeito Lauro Fröhlich (PSD) começou a exonerar filiados do PP e PSDB. Primeiro, a mudança atingiu Claudia Chiodini (PP), ex-secretária de Educação, e esta semana o tucano Osni Denker foi demitido da Águas de Guaramirim. Lauro admite que as mudanças levam em conta o cenário eleitoral – o PSD faz parte da coligação que tem como candidato Paulo Veloso (PR) – e afirma que sua prioridade agora é fechar o mandato com as contas em dia. Veja mais na Coluna Plenário desta quinta-feira (11).