Kajota adere ao Jaraguá Recicla

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

quinta-feira, 04:00 - 16/06/2016

OCP News Jaraguá do Sul
  Uma parceria bem sucedida entre o poder público e a iniciativa privada passa a contribuir para a sustentabilidade, com a distribuição de sacolas verdes em supermercados. A arrancada para a adesão ao Programa Jaraguá Recicla, lançado pela Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente (Fujama), foi dada ontem com a rede Kajota. A iniciativa da Prefeitura surgiu da necessidade de recuperar os índices de recolhimento de material reciclável, que sofreu redução quando a Fujama parou de distribuir os sacos verdes. Foi constatada queda de 29,7% entre dezembro do ano passado e janeiro deste ano, quando a distribuição foi interrompida. “A gente está buscando o lado mais sustentável, até pela questão do custo-benefício. Temos um lote de mais de 30 mil sacolas verdes”, confirma o gerente da rede de supermercados, Eduardo Martins Mendonça. O Kajota também tem unidades em Massaranduba, Guaramirim e Penha e desde ontem colocou as sacolas verdes à disposição nos caixas. Mendonça calcula que o lote que abastece as quatro cidades deve durar em torno de dois meses. A conscientização sobre a reciclagem aponta o gerente, ainda não chegou às outras cidades, mas a rede deve estimular a prática. “Acredito que todos os municípios deveriam aderir a campanhas como essa. Estamos elaborando uma placa para estimular os clientes a utilizarem essas sacolas para reciclagem”, opina Mendonça. O proprietário do Supermercado Frontal, localizado na Avenida Waldemar Grubba, confirma que também decidiu abraçar a causa, inicialmente como teste junto aos clientes.  Será destinado lote de 100 mil sacolas, quantidade estimada para 60 dias. Ainda de acordo com ele, o gasto em sacolas plásticas é de cerca de R$ 18 mil por mês. Fujama lançará selo de sustentabilidade O presidente da Fujama (Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente), Leocádio Neves e Silva, confirma que no final de maio participou de reunião com representantes da Associação Catarinense dos Supermercadistas (ACAS), em Florianópolis, para sensibilizar as grandes redes a aderirem à campanha, intermediados pela CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Jaraguá do Sul. “Até o final de junho, a ideia é fazer um ato para divulgar o lançamento de um selo de reconhecimento aos estabelecimentos parceiros do projeto”, anuncia Leocádio. O Programa Jaraguá Recicla atende legislação federal que obriga os municípios a estimularem a reciclagem. Desde setembro de 2013 até maio deste ano, mais de 10.650 toneladas de materiais recicláveis deixaram de ser enviados ao aterro em Mafra. O custo para a destinação dos resíduos urbanos é de mais de R$ 330,00 por tonelada (coleta, transbordo, transporte rodoviário e destinação final), com gasto anual que supera R$ 11 milhões. Do resíduo domiciliar da cidade, 30,2% é de recicláveis, 51,8% resíduos orgânicos e 18% rejeitos. Em dezembro do ano passado, a distribuição dos sacos verdes deixou de ser feita por corte de orçamento. Foi constatada a redução de 635,6 toneladas para 446,6 toneladas em janeiro, queda de 29,7% em relação a dezembro. Já em fevereiro, a queda em relação ao mês anterior foi menor: 411,5 toneladas, redução de 7,8%.
×