O Tribunal de Justiça de Santa Catarina recolocou em vigor a decisão da Prefeitura de Blumenau de proibir pessoas idosas (maiores de 60 anos) de utilizarem o transporte coletivo na cidade. A medida de combate ao coronavírus havia sido suspensa na semana passada, a partir de uma liminar concedida pelo juiz substituto Caio Lemgruber Taborda, da 1ª Vara da Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho e Registros Públicos da Comarca de Blumenau.

O desembargador João Henrique Blasi, que assinou a decisão, acatou os argumentos do Município de que houve um aumento de 64% nas internações e de 76% no número de atendimentos ambulatoriais para casos de síndromes gripais envolvendo idosos. Outro dado levado em consideração foi que 72% dos óbitos relacionados à Covid-19 em Blumenau tiveram como vítimas pessoas da terceira idade.

 

 

Segundo o procurador-geral de Blumenau, Júlio Augusto de Souza Filho, as medidas adotas pela Prefeitura têm o objetivo de proteger vidas, principalmente do grupo de risco, além de evitar um possível colapso hospitalar. “A decisão do Tribunal de Justiça, de muito bom senso, restabelece o respeito ao trabalho desenvolvido pelas autoridades de saúde do Município, que vêm desde março trabalhando para garantir a segurança das pessoas, em especial daquelas integrantes mais fragilizadas pela pandemia”, pondera.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul