O Centro de Imagem do Hospital Jaraguá é o primeiro de Santa Catarina, a receber a nova versão da Ressonância Magnética Signa Pionner Tesla 3.0. O equipamento, considerado “a nave espacial das ressonâncias”, veio dos Estados Unidos e chegou em Jaraguá do Sul na manhã desta terça-feira (15).

“O equipamento é a grande novidade da marca General Eletric e possui imagens em altíssima resolução, que mostram detalhes minuciosos do corpo humano. Isso amplia significativamente a capacidade dos diagnósticos de doenças neurológicas, vasculares, oncológicas e toda a gama de ressonâncias existentes. Vai auxiliar muito o trabalho dos médicos, melhorar a experiência durante o exame e, consequentemente, a saúde das pessoas”, conta a gerente do Centro de Imagem do Hospital Jaraguá, Rose Catarina.

Foto: Divulgação

A profissional explica que a tecnologia do novo modelo permite que o exame, antes realizado em 30 minutos, seja concluído em apenas 5 minutos. Rose destaca que esta rapidez garantirá mais conforto, principalmente aos pacientes acamados e com necessidades especiais. Além disso, o equipamento também realiza exames sem o barulho típico das ressonâncias magnéticas, até então disponíveis no mercado, e oferece precisão acima da média.

“A chegada desta ressonância é um marco para todo o Estado e vai permitir triplicar a quantidade de exames feitos aqui no Centro de Imagem. O equipamento vai atender o SUS, convênios e também pacientes particulares. A realização de exames deve iniciar em meados de março”, adianta Rose.

Pioneirismo

Quando o assunto é tecnologia e novos exames, o Centro de Imagem é pioneiro na região da Amvali (Associação dos Municípios do Vale do Itapocu). Essa é a terceira vez que o espaço apresenta à região equipamentos de ressonância de última geração.

“O CI do Hospital Jaraguá também foi responsável pela vinda dos primeiros equipamentos de ressonância magnética, de campo aberto e campo fechado, mudando o cenário de diagnósticos por imagem na região Norte do Estado. E agora, mais uma vez, inovamos ao trazer uma tecnologia sem precedentes à população de toda a região. Isso comprova o nosso pioneirismo e amor pela vida”, destaca Rose Catarina.

*Com informações da Assessoria de Imprensa do Hospital Jaraguá