Depois do vice-campeonato de 2018, Jaraguá do Sul predominou na fase estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), categoria nível 1. Alunos da rede municipal garantiram os três primeiros lugares e mostraram a evolução acentuada que ocorreu nesta disciplina em apenas um ano. Ao todo participaram da etapa da OBR, 344 alunos de toda Santa Catarina distribuídos em 104 equipes sendo 47 delas do nível 1 e outras 57 do nível 2.

O título da categoria nível 1 ficou com equipe jaraguaense Fenix da Escola Professora Gertrudes Steilein Milbratz, no bairro Rio da Luz, com o total de 470 pontos, Com este resultado, os campeões estaduais também garantiram participação na fase nacional da OBR que ocorre de 22 a 26 de outubro deste ano na cidade de Rio Grande (RS).

Já a vice-campeã foi a equipe Laryssa da escola Marcos Emílio Verbinnen, na Estrada Nova. A terceira colocação ficou com Dark Angels, que representou a Escola Ribeirão Cavalo, do bairro Braço Ribeiro Cavalo.

No nível 2 a supremacia dos três primeiros colocados foi de Criciúma. A equipe Robotron (IFSC) foi a campeã com 700 pontos. Os times L2TG (IFSC) e Xtango (Faculdade SATC) obtiveram o segundo e terceiro lugares respectivamente.

A exemplo da jaraguaense Fenix, o Robotron também vai para a etapa nacional. No entanto, apenas o campeão brasileiro do nível 2 se credencia para a Robocup – o Mundial de Robótica – que ocorre no próximo ano em Paris, França.

Premiação extras – A exemplo da disputa da nível 1, as equipes jaraguaenses também dominaram nas premiações extras desta categoria. Destaque para a equipe Anonymus que conquistou o título de melhor escola pública para a EMEF Jonas Alves de Souza. Já o time do Robostars faturou o título de melhor escola privada para o anfitrião da disputa, Colégio Marista São Luís.

Escolas jaraguaenses também obtiveram prêmios extras na categoria Nível 2. O prêmio de Robutez foi para Samurais, do Colégio Marista. Já o premio Design foi para a equipe Matrix, da Escola Max Schubert, do bairro Três Rios do Norte. No quesito Dedicação a equipe Avengers, da Escola Marcos Verbinnen levou a melhor. Já o time de Thanos Esmeraldino faturou o prêmio de Programação para a Ricieri Marcatto, do bairro Rio Cerro I.

O secretário de Educação da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Rogério Jung demonstrou satisfação com o evento balanço da etapa estadual da OBR. “Ficamos felizes com o número de participantes, mais de 100 equipes e com o ótimo desempenho dos alunos de nossa rede municipal. Dentre as participantes precisamos destacar o primeiro lugar no nível 1 onde classificamos uma equipe jaraguaense para a etapa nacional”, celebrou Rogério.

Confira as classificações:

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Jaraguá do Sul

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger

-------------------------------------------------------