parque_ambiental01 O parque deve abrigar uma área aproximada de 44 mil metros quadrados ocupados por atividades diversas numa região com 160 mil metros quadrados de área preservada, totalizando duzentos e quatro mil metros quadrados, no bairro Três Rios do Sul. A região abrigará, numa primeira etapa, o Centro de Inovação, em fase de construção; o Centro Up!, um centro de startups e aceleradora de empresas, em fase de desenvolvimento; e o instituto e tecnologia do Senai. A principal orientação do Instituto Jourdan para o parque refere-se ao aproveitamento dos ambientes ecológicos, configurados por florestas de Mata Atlântica, e embasado por um ícone de desenvolvimento sustentável e de inovação. parque1 parque2 A intervenção tem como meta o menor impacto ambiental. Para isso, os usos do parque serão acomodados em áreas planas ou que já sofreram modificações. Nas áreas íngremes e preservadas, as trilhas deverão apresentar soluções adaptadas às condições do terreno e, nas áreas de preservação integral, deverão ter bases elevadas apoiadas por pilotis. render6-fujama De acordo com o presidente da Fujama, Leocádio Neves e Silva, a municipalidade busca, com o projeto, atender um anseio dos moradores da região, carentes de áreas de lazer. “Vamos aproveitar o fato de ser uma área da prefeitura e transformá-la em algo de interesse para a população”, disse. Como recomendações gerais são apontadas, para o parque, a instalação de equipamentos de baixo custo, com materiais resistentes, duráveis e de fácil conservação, além da possibilidade de abrigar muitas pessoas aos fins de semana. O projeto prevê a segurança e o bem-estar dos frequentadores, sem a inserção de barreiras agressivas ou inibidoras e, ao mesmo tempo, não comprometendo o equipamento e suas instalações. parque3 render7-fujama parque4 Render1-fujama parque4 render4-fujama parque4 render3-fujama parque4 render2-fujama parque4 Fonte: Instituto Jourdan/Fujama