A abertura do Sesi (Serviço Social da Indústria) de Guaramirim deve ficar para o início de fevereiro, segundo previsão do coordenador regional da entidade, Jefferson Galdino. Apesar dos esforços para a inauguração da nova estrutura acontecer ainda em janeiro, a entidade precisa aguardar a liberação da documentação necessária para dar início às atividades. Os alvarás são emitidos pelo Estado. “A farmácia será o primeiro espaço aberto, seguido pelas outras atividades. Esperamos que em meados de fevereiro esteja tudo funcionando”, diz Galdino. Atualmente, o Sesi atende 47 indústrias em Guaramirim, sendo que 70% dos trabalhadores do setor utilizam algum serviço da entidade. “Com a nova estrutura, a expectativa é passar a atender 100 indústrias já no primeiro ano”, comenta o coordenador regional. Além da farmácia, o espaço irá oferecer capacitações, academia, tratamento odontológico, testes de audição e outros serviços médicos. “Guaramirim é uma cidade imponente do ponto de vista da perspectiva de crescimento, é um eixo logístico importante para a região”, destaca Galdino. Senai investe mais de R$ 12 milhões O Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) de Jaraguá do Sul irá investir mais de R$ 12 milhões na ampliação da estrutura física e dos serviços oferecidos na região. Atualmente, a entidade está com quatro obras em andamento, com estimativa de finalização até junho deste ano, divulga o coordenador da unidade de Jaraguá do Sul, Michael Eberle Siemeintcoski. A obra de maior representatividade é a do prédio que será sede do Instituto Senai de Tecnologia, que fica dentro do parque tecnológico do município, no bairro Três Rios do Sul. “Até agora já temos 70% da obra concluída. A previsão é que tudo esteja pronto até abril”, comenta o coordenador. O local irá agrupar o centro de pesquisa e consultoria na área de energias renováveis do Senai. A entidade também está investindo na construção de dois novos blocos em Jaraguá do Sul. O Bloco F, primeiro a ser projetado, está em fase de finalização e irá oferecer espaços diferenciados e inovadores de aprendizagem. O projeto conta com o apoio de grandes empresas. A entidade dá andamento também à construção do Bloco G, que será equipado com um laboratório de qualificação para os trabalhadores da construção civil. Projeto prevê ensino médio do Sesi em Schroeder O quarto e último investimento do Senai na região tem como foco a capacitação profissional continuada em Schroeder. Segundo Siemeintcoski, além da ampliação da estrutura, com novos cursos técnicos e de qualificação profissional, o Senai pretende implantar na unidade um ensino médio profissionalizante. “O prédio deve ser finalizado em junho, por isso estamos direcionando os trabalhos para que o ensino médio seja implantado até 2017. A ideia é articular este ensino com a educação profissional da entidade”, explica.