Impasse resolvido na escola Almirante Tamandaré, em Guaramirim

Impasse resolvido na escola Almirante Tamandaré, em Guaramirim Impasse resolvido na escola Almirante Tamandaré, em Guaramirim

Cotidiano

Por: Natália Trentini

sexta-feira, 10:50 - 09/02/2018

Natália Trentini
O excesso de alunos nas salas de aulas que estava preocupando professores da escola Almirante Tamandaré, em Guaramirim, deve ser resolvido com autorização da abertura de uma nova turma, afirma a ADR (Agência de Desenvolvimento Regional) de Jaraguá do Sul. O principal problema estaria nas turmas de sexto ano: das três abertas para o ano, duas do período matutino contam com 35 alunos e uma no vespertino soma 41. Um grupo de professores chegou a levar a situação ao Ministério Público, no entanto, o processo online para autorizar uma quarta turma ainda estava em andamento. De acordo com a assessoria de imprensa da ADR, no início do mês a escola pediu por meio do sistema a abertura da turma. Quer receber as reportagens do OCP Online pelo whatsApp? Basta clicar aqui A Gered (Gerência de Educação) autorizou, mas a Secretaria de Estado da Educação negou, pedindo que a solicitação fosse refeita. Na manhã desta quinta-feira (8), a escola repetiu o processo. No começo da tarde, a Gered e a Secretaria autorizaram a abertura da quarta turma, conforme a assessoria de imprensa. Segundo a professora Eliana Kozak, a preocupação era grande, já que o número de alunos poderia dificultar a rotina e aprendizagem. Uma sentença confirmada pelo Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina em 2014, resultante de ação civil pública ajuizada pela promotora Bárbara Elisa Heise, havia apontado justamente a obrigatoriedade de um limite máximo de alunos de acordo com a metragem das salas. As em questão, na Almirante Tamandaré, têm 48 metros quadrados, segundo Eliana, e podem abrigar no máximo 30 estudantes – outras salas também estariam ultrapassando esse limite, ressaltou a professora. A assessoria de imprensa da ADR afirmou que em nenhum momento a Gered se colocou contra a abertura das turmas e que o Estado se preocupa com a qualidade de ensino.
×