O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) 2019, que mensura a qualidade das instituições de educação superior, considerando a avaliação de cursos de graduação e de pós-graduação.

Com 19 cursos avaliados, o IFSC atingiu o conceito 4 e obteve a melhor classificação entre os institutos federais do País. Ao todo, os resultados foram calculados para 2.070 instituições (públicas e privadas), considerando os 24.145 cursos avaliados entre 2017 e 2019.

 

 

Como indicador de qualidade, o IGC integra o conjunto de procedimentos e instrumentos diversificados que avalia as instituições de ensino, de acordo com o que prevê a Lei do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O índice tem relação direta com o ciclo avaliativo do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), que mensura, entre outros aspectos, o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação.

A escala do IGC varia de 1 a 5, sendo que as duas primeiras faixas são consideradas inadequadas e as instituições podem até sofrer sanções do MEC. O melhor índice é o 5. Entre as instituições da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, o índice mais alto registrado foi o 4.

Melhor nota pela 5ª vez

Não é a primeira vez que o IFSC se destaca na classificação do IGC. Desde que a instituição se transformou em Instituto Federal em 2008 e passou a ser considerada no IGC dessa forma, o IFSC já conquistou a melhor nota entre os Institutos Federais nos anos de 2010, 2011, 2012 e 2018.